A alegria nasce no sair de si

Nos seus Exercícios Espirituais, Santo Inácio de Loiola termina a segunda semana, onde se contemplou a vida de Jesus e se fez a decisão de orientar a sua vida pelos seus valores, com esta frase: “... pense cada um que tanto se aproveitará em todas as coisas espirituais quanto sair do seu próprio amor, querer e interesse”. [EE 189] Esta frase, faz, assim, a transição para a terceira e quarta semanas dos Exercícios, onde se contemplam, respetivamente, a Paixão e a Ressurreição de Jesus.

Viver a Páscoa de Jesus, que celebramos nesta semana, orienta o nosso coração para esta atitude: sair do próprio amor, querer e interesse. Ou seja, tomar como sua a atitude de Jesus, que nada quer para Si mesmo, mas para o Pai e a sua vontade, que quer que todos se salvem, entrem em comunhão com Ele e com os irmãos, sendo “um só, como Jesus e o Pai são um só”. [Cfr. Jo 17, 11]

Esta unidade apenas se alcança pela doação de si, pondo a vida do outro à frente da própria vida, fazendo da alegria do outro a própria alegria, do seu sofrimento o próprio sofrimento. A Páscoa é uma passagem para “fora de mim”. Nesta passagem, que nos liberta das prisões egoístas onde tantas vezes nos encontramos, encontramos o verdadeiro alcance da vida, a sua máxima possibilidade.

Não nos detemos, assim, no sofrimento da Paixão, mas na Ressurreição, que lhe dá o sentido pleno. Pois é no dar a vida que verdadeiramente a encontramos, morrendo como grão de trigo [Cfr. Jo 12, 24]. Amando ao estilo de Jesus. Que esta Páscoa seja, para ti e para os teus, a oportunidade espiritual de encontro com o amor infinito de Deus e o desafio a fazer da tua vida um lugar de Ressurreição, marcado pela paz, alegria e perdão, que são os frutos visíveis daqueles que, com Jesus, saem de si para ajudar a tornar a vida dos outros um espaço de presença de Deus.

São estes os votos da Equipa do Secretariado Nacional do Apostolado da Oração (Rede Mundial de Oração do Papa – Portugal), desejando as maiores bênçãos de Cristo Ressuscitado!

Uma Santa Páscoa!

Assinatura-P.Valério-peq.jpg

Diretor da Rede Mundial de Oração do Papa – Portugal