Exame de consciência

Mais do que uma análise ou mero exercício introspetivo, o Exame de (para tomar) Consciência é um momento de oração, de transparência com Deus e connosco. Trata-se de assumir o passado e converter-se para relançar o caminho futuro. Este esquema, também disponível em formato áudio, na secção “Passos para mais”, é inspirado nos ensinamentos de Santo Inácio de Loiola. [Nota: não ultrapassar os 15 min.]

0. COLOCAR-ME NA PRESENÇA DE DEUS

Estou diante do Pai, que me ama, que continua HOJE a história da minha salvação.

Estou diante de Jesus, que vive e cresce em mim, que me quer transformar para dar vida através de mim.

Estou presente ao Espírito que habita em mim.

1. DAR GRAÇAS

Procuro ter um olhar positivo sobre mim, sobre a minha realidade, sobre as pessoas que me rodeiam.

De que devo dar graças esta noite? Acontecimentos, experiências, pessoas...

Tomo consciência dos dons e benefícios que Deus me deu neste dia, repousadamente, atentamente.

2. DEIXAR-SE OLHAR POR DEUS

Peço simplicidade, humildade para encontrar-me comigo mesmo, tal como sou e desde o olhar de Deus que me ama. Olho aquilo que sou, aquilo que há em mim e me alegra, mas também o que há em mim e não me dá alegria. Deixo-me olhar, deixo-me amar. Quero aprender a olhar para mim como Ele me olha.

3. POR ONDE É QUE DEUS PASSOU

Em paz, faço uma leitura cristã da minha vida. A chave desta leitura é JESUS, no seu modo de viver.

Como foi o meu dia? O que me aconteceu?

Quais foram os movimentos em mim de que tenho consciência? Na minha relação com os outros, na minha relação com Deus...

Quais foram as minhas reações, as minhas inclinações? Tristeza, pessimismo, inércia, gozo, alegria, otimismo, paz?

Onde é que me senti bem, em paz de espírito, e onde é que me senti mal, sem paz?

De onde vieram as forças que me moveram, ao longo deste dia: de Deus? Do mundo?


4. DEIXAR-SE RECONCILIAR

Tomo consciência do meu verdadeiro eu.

Confrontando-me com Jesus, percebo como ando longe do seu modo de viver e peço perdão.

Peço perdão em atitude de fé e não de vergonha, à medida que vou descobrindo o incompreensível amor de Deus por mim. Peço-Lhe que, apesar de tudo, Ele aposte de novo na relação comigo, que me ajude a ser seu amigo.

5. FAZER UM PROPÓSITO

Perdoado, abro-me à esperança.

Que posso fazer por Ti, Senhor? Que queres que eu faça? Como posso responder ao teu amor?

Confio-Te, Senhor, a minha decisão de seguir pelo caminho da liberdade e da conversão, para ser teu discípulo. Com o teu amor e a tua graça, ajuda-me a fazer com que a tua vontade em mim sobre posta em prática.

(Terminar com um Pai-Nosso)