Passo-a-Rezar: sete anos de orações diárias na internet

O Passo-a-Rezar, criado e desenvolvido pelo Apostolado da Oração – Rede Mundial de Oração do Papa, completa esta sexta-feira, dia 17 de fevereiro, sete anos de existência. Sete anos de orações diárias na internet, baseadas no conceito “Não pares para rezar”.     

Em 2016, o site www.passo-a-rezar.net teve 433 mil visitas. No Soundcloud registaram-se 1 milhão e 400 mil reproduções e 396 mil downloads e no Youtube houve 34 mil visualizações. A página de Facebook já ultrapassou os 32 mil e 500 “gostos” e as newsletters do Passo-a-Rezar são recebidas por três mil e 500 subscritores. Durante o ano passado, foram feitos 1.656 downloads da aplicação para Iphone. E existem sete mil e 700 aplicações ativas para Android.     

Para a produção de conteúdos, além dos escritores habituais, o Passo-a-Rezar conta com a colaboração do “Eu acredito”, uma equipa constituída por jovens de vários movimentos, grupos paroquiais e serviços diocesanos, acompanhada por sacerdotes. Assinalando o Centenário das Aparições em Fátima, o “Eu acredito” é responsável pela elaboração das meditações diárias de todos os dias 13, entre janeiro e outubro de 2017.     

Também no âmbito da celebração do Centenário das Aparições na Cova da Iria, o Santuário de Fátima elaborou sete ficheiros, disponíveis na secção Passos para Mais, que  ajudam a conhecer e rezar os temas fundamentais das palavras do Anjo e de Nossa Senhora, em Fátima, segundo as Memórias da Irmã Lúcia: adoração, eucaristia, rosário, coração, Igreja, misericórdia, santidade.     

A Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) é responsável por uma das propostas mensais de oração. A oração escrita pela Fundação AIS tem como tema de fundo os cristãos perseguidos.