DOMINGO II DO TEMPO COMUM

DOMINGO II DO TEMPO COMUM

Hoje a Igreja celebra o segundo domingo do tempo comum.

Por vezes, ficamos cansados da nossa relação com Deus
e a oração torna-se um peso difícil de suportar.
Talvez já te tenha acontecido algo assim:
chega um momento em que te apetece deixar tudo,
deixar esse esforço diário de sintonizares a tua vida com Deus,
viver como se Ele não existisse...
Quando assim acontece,
a oração é a primeira coisa que deixamos de lado.
Neste domingo,
celebrando a ressurreição do Senhor,
entrega-Lhe os teus cansaços e a tua vontade de desistir.
Diz-Lhe, com toda a verdade de que fores capaz:
“Senhor Deus, eu Vos dou graças pelo vosso amor e fidelidade”...
e começa assim a tua oração.

Sexta-feira da primeira semana do Tempo Comum

Sexta-feira da primeira semana do Tempo Comum

Hoje é dia onze de janeiro, sexta-feira do tempo do Natal.

A oração é o recurso dos pobres,
e precisa de um coração pobre,
para ser verdadeira oração.
Um coração pobre pode encontrar-se em qualquer pessoa,
não importa a quantidade de bens que possui.
Mas é verdade que quem possui muitas coisas tem mais dificuldade
em reconhecer e viver a pobreza do coração.
Hoje, pede ao Senhor que te ensine a reconhecer
aquilo que precisas de deixar para teres um coração pobre...
e com este pedido começa a tua oração.

Quarta-feira da primeira semana do Tempo Comum

Quarta-feira da primeira semana do Tempo Comum

Hoje é dia dezasseis de janeiro, quarta-feira da primeira semana do tempo comum.

As maiores prisões são aquelas que constróis para ti:
“não posso, não tenho tempo, não sou capaz”...
Estes “nãos” deixam-te à mercê dos teus medos
e transformam as tuas limitações em correntes e grades inultrapassáveis.
Rezar liberta-te,
porque te ajuda a entender que nenhum dos teus medos
ou dos teus pecados
é maior do que o amor de Deus...
e se Deus está do teu lado, com o seu amor,
quem poderá acorrentar a tua liberdade?
Hoje, diz ao Senhor:
“Meus Deus, libertaste a minha alma da mansão da morte”...
e começa assim a tua oração.

Terça-feira da primeira semana do Tempo Comum

Terça-feira da primeira semana do Tempo Comum

Hoje é dia quinze de janeiro, terça-feira da primeira semana do tempo comum.

O Senhor nunca Se esquece de ti
e alegra-Se quando tu reconheces a sua presença.
Ele conhece bem os caminhos que percorres,
acompanha-te nas tuas quedas
e está sempre disponível para te ajudar...
Agradece ao Senhor por não te deixar na solidão,
por Se fazer teu companheiro de viagem,
onde quer que estejas.
Sabendo que o Senhor te escuta, diz-Lhe:
“Ó Deus, não me abandoneis, não abandoneis a obra das vossas mãos”...
e começa assim a tua oração.

Segunda-feira da primeira semana do Tempo Comum

Segunda-feira da primeira semana do Tempo Comum

Hoje é dia catorze de janeiro, segunda-feira da primeira semana do tempo comum.

Deus é uma presença constante na vida de quem reza:
umas vezes mais intensa,
outras vezes apenas na periferia da memória... mas sempre lá.
É uma presença discreta,
nunca agressiva nem intrometida...
uma presença feita de pequenos nadas que, todos juntos,
são capazes de transformar a vida de quem reza.
Hoje, procura tomar consciência da presença de Deus na tua vida.
Diz ao Senhor:
«A tua mão me serve de amparo»... e começa assim a tua oração.

BATISMO DO SENHOR

BATISMO DO SENHOR

Hoje, domingo, a Igreja celebra a festa litúrgica do batismo do Senhor.

Se te for possível,
escolhe um lugar calmo para esta tua oração de domingo.
Marca, também deste modo, a diferença entre o domingo
e os outros dias da semana.
Não permitas que esta diferença se perca,
mesmo se tens de trabalhar...
porque o domingo é o DIA DO SENHOR.
Hoje celebramos o batismo de Jesus,
a sua apresentação pública a Israel.
Vinda do Céu, uma voz manifesta-O como filho amado do Pai
e convida-te a escutá-Lo.
Pede a Deus a graça de prestares atenção à voz de Jesus, à sua palavra...
e começa assim a tua oração.

Sexta-feira do Tempo do Natal depois da Epifania

Sexta-feira do Tempo do Natal depois da Epifania

Hoje é dia onze de janeiro, sexta-feira do tempo do Natal.

A oração é o recurso dos pobres,
e precisa de um coração pobre,
para ser verdadeira oração.
Um coração pobre pode encontrar-se em qualquer pessoa,
não importa a quantidade de bens que possui.
Mas é verdade que quem possui muitas coisas tem mais dificuldade
em reconhecer e viver a pobreza do coração.
Hoje, pede ao Senhor que te ensine a reconhecer
aquilo que precisas de deixar para teres um coração pobre...
e com este pedido começa a tua oração.

Quinta-feira do Tempo do Natal depois da Epifania

Quinta-feira do Tempo do Natal depois da Epifania

Hoje é dia dez de janeiro, quinta-feira do tempo do Natal.

Hoje, deixa o Senhor escolher o modo como vais fazer a tua oração.
Apresenta-te diante dele sem nada,
de mãos vazias e coração limpo,
para que seja o Senhor a ensinar-te...
Talvez o Senhor te mostre que, afinal,
levas a mãos cheias de coisas e o coração ferido pelo pecado.
Se assim for,
deixa que o Senhor te liberte para O seguires como um verdadeiro discípulo...
e com este desejo, começa a tua oração.

Quarta-feira do Tempo do Natal depois da Epifania

Quarta-feira do Tempo do Natal depois da Epifania

Hoje é dia nove de janeiro, quarta-feira do tempo do Natal.

Dá graças ao Senhor por este tempo de oração.
Agradece a possibilidade de ficares a sós com Ele,
sem te preocupares com o que os outros possam pensar.
Neste momento,
Deus tem o primeiro lugar na tua vida.
E tu sabes que isso não acontece sempre...
Há tanta coisa que se coloca entre ti e Deus.
Toma consciência de como é importante esta certeza:
Deus está sempre contigo...
E com o desejo de estares sempre mais na presença Deus...
começa em paz a tua oração.

Terça-feira do Tempo do Natal depois da Epifania

Terça-feira do Tempo do Natal depois da Epifania

Hoje é dia oito de janeiro, terça-feira do tempo do Natal.

Deixa-te ficar na presença de Deus.
Sabes que Ele está contigo,
está em ti,
está naquilo e naqueles que te rodeiam.
Deixa-te ficar saboreando este saber,
que não vem tanto da tua cabeça, vem sobretudo do teu coração.
Devagar,
deixa esta presença de Deus tomar conta de ti,
das tuas distrações, dos teus problemas, das tuas alegrias...
e começa assim a tua oração.

Segunda-feira do Tempo do Natal depois da Epifania

Segunda-feira do Tempo do Natal depois da Epifania

Hoje é dia sete de janeiro, segunda-feira do tempo do Natal.

A oração é quase sempre uma luta.
Lutas contigo,
pois desejas estar com o Senhor e vês-te a divagar por outros assuntos,
tantas vezes fúteis...
Lutas com o teu corpo
porque desejas ficar tranquilo e depressa te sentes incomodado
pelas muitas pequenas sensações que te distraem...
Lutas com o Senhor,
porque desejas isto e aquilo
e sentes que o Senhor está a levar-te por outros caminhos...
Sem angústia,
procura pacificar o teu coração, entregando tudo ao Senhor...
e começa assim a tua oração.