Décimo quinto domingo do tempo comum

Hoje a Igreja celebra o décimo quinto domingo do tempo comum. 

A oração é o caminho dos pobres, 
daqueles que reconhecem as suas limitações e a sua fragilidade. 
Não é um caminho fácil, 
pois nenhum de nós renuncia com facilidade ao poder
ou, pelo menos, ao desejo de poder. 
Pede ao Senhor que te ajude a percorrer este caminho... e começa assim a tua oração.

 

O Salmista convida-te a considerar a tua pobreza e a elevar a alma para o Senhor.
   
Salmo 68 (69)
A Vós, Senhor, elevo a minha súplica,
pela vossa imensa bondade respondei-me.
Ouvi-me, Senhor, pela bondade da vossa graça, 
voltai-Vos para mim pela vossa grande misericórdia.

Eu sou pobre e miserável:
defendei-me com a vossa proteção. 
Louvarei com cânticos o nome de Deus
e em ação de graças O glorificarei.

Vós, humildes, olhai e alegrai-vos,
buscai o Senhor e o vosso coração se reanimará. 
O Senhor ouve os pobres e não despreza os cativos.

Deus protegerá Sião,
reconstruirá as cidades de Judá.
Os seus servos a receberão em herança,
e nela hão de morar os que amam o seu nome. 

 

Pontos de Oração

Faz tuas as palavras do Salmista e deixa ecoar no teu coração:
“A Vós, Senhor, elevo a minha súplica”.

O Salmista tem consciência que é pobre e pecador, fraco e miserável, e clama por Deus, eleva ao Senhor a sua alma. O Salmo convida-te a fazeres o mesmo, pois o Senhor é bom, misericordioso, protege os humildes. 
Sentes necessidade do Senhor e da sua proteção? Clama por Ele, pois o Senhor ouve os pobres que clamam por Ele. Confia. Não desanimes.

Ao ouvires novamente o salmo, deixa ecoar a sabedoria da Palavra dentro de ti.

Neste dia, Domingo, dia de festa e de Páscoa, vai repetindo sem cessar: “Ouvi-me, Senhor, pela vossa bondade”. Sê humilde e apresenta-te diante do Senhor como és, com as necessidades e fraquezas que sentes em ti e na tua vida.

 

Colóquio final

Pai nosso que estais nos céus
santificado seja o vosso nome
venha a nós o vosso Reino
seja feita a vossa vontade
assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação
mas livrai-nos do mal.