Décimo sexto Domingo do Tempo Comum

Hoje a Igreja celebra o décimo sexto Domingo do Tempo Comum. 

Diz-nos o Senhor que precisamos de vigiar e orar sempre. 
Vigiar o coração significa prestar atenção aos teus sentimentos e não permitir que eles te dominem. 
É não estar distraído daquilo que se passa na tua intimidade, lugar onde o Senhor te fala continuamente. 
Vigia, presta atenção ao teu coração para tomares consciência de que o Senhor está sempre contigo. Assim, vale a pena começares a tua oração. 

 

Quem diz a verdade que tem no coração, habita em Deus. Sê sincero e transparente, e terás a paz.
 
Salmo 14 (15), 2-3a.3cd-4ab.5
O que vive sem mancha e pratica a justiça
e diz a verdade que tem no seu coração
e guarda a sua língua da calúnia. 

O que não faz mal ao seu próximo, 
nem ultraja o seu semelhante, 
o que tem por desprezível o ímpio, 
mas estima os que temem o Senhor. 

O que não falta ao juramento mesmo em seu prejuízo
e não empresta dinheiro com usura, 
nem aceita presentes para condenar o inocente. 
Quem assim proceder jamais será abalado. 

 

Pontos de oração

Trazes restos de rancor, marcas de avareza ou até o azedo de impaciências que a ti mesmo te irritam? Vai até ao Senhor, com esse peso e com o coração arrependido. Ele te aliviará.

O salmista alerta para males que ameaçam não só o teu coração, mas o teu mundo. Pede ao Senhor a cura da injustiça, da calúnia, da mentira... de tudo quanto é desprezo de Deus e ofensa contra os direitos e a dignidade do próximo.

Ouve o salmo e repara no apelo a respeitares a palavra dada: seja numa tarefa lá em casa, seja na hora para um encontro, seja na entrega de uma vida para Deus ou de uma vida para o casamento. 

O Senhor anima-te a começares esta semana com o propósito de seres mais firme em fazer o que é justo.

 

Colóquio final

Pai nosso que estais nos céus
santificado seja o vosso nome
venha a nós o vosso Reino
seja feita a vossa vontade
assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação
mas livrai-nos do mal.