Domingo, solenidade litúrgica do Natal do Senhor

Hoje é dia vinte e cinco de dezembro, Domingo, solenidade litúrgica do Natal do Senhor. 

Da Comunidade de Taizé estás a escutar Gloria... et in Terra Pax

Hoje nasceu o Salvador do Mundo! 
Talvez estejamos tão habituados a festejar esta data em família que nos esquecemos que esta é a festa da entrada definitiva de Deus na nossa história. Desde sempre que Ele está connosco, mas neste dia tornou-Se um de nós. Deus connosco. 
Deixa que o teu coração seja conquistado por sentimentos de alegria diante desta maravilha que o Senhor é. Jesus nasceu! Nada há a temer! 
Assim, vale a pena começares a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do profeta Isaías. [L1 Is 52, 7-10] 

Como são belos sobre os montes
os pés do mensageiro que anuncia a paz,
que traz a boa nova, que proclama a salvação
e diz a Sião: «O teu Deus é rei».
Eis o grito das tuas sentinelas que levantam a voz.
Todas juntas soltam brados de alegria,
porque veem com os próprios olhos o Senhor que volta para Sião.
Rompei todas em brados de alegria, 
ruínas de Jerusalém, 
porque o Senhor consola o seu povo,
resgata Jerusalém.
O Senhor descobre o seu santo braço
à vista de todas as nações, 
e todos os confins da terra verão a salvação do nosso Deus.

 

Pontos de oração

Esta passagem do profeta Isaías está marcada pela alegria. Não só porque a palavra alegria aparece inúmeras vezes, mas o ritmo do próprio texto traz alegria. 
Este é um tempo para que te sintas alegre, feliz porque o Senhor está contigo, visitou o seu povo e ofereceu-Lhe a salvação. Saboreia esta alegria que o Senhor te quer oferecer.

O profeta Isaías anuncia-te duas razões para estares alegre: “ver com os próprios olhos o Senhor que volta para Sião”; e a certeza de que “o Senhor consola o seu povo”. 
Saboreia cada uma destas expressões. 
“Ver com os próprios olhos”. Também tu podes fazer esta experiência. 
“Ser consolado pelo Senhor”. Saboreia a consolação própria do Natal... e deixa que o teu coração seja invadido pela alegria. 

Escuta novamente o profeta Isaías e não tenhas pudor em sorrir à medida que ouves as suas palavras! Alegra-te! 

 

Colóquio final

Termina a tua oração pedindo ao Senhor a graça da alegria porque chegou a salvação a todos os povos. 

Pai nosso que estais nos céus
santificado seja o vosso nome
venha a nós o vosso Reino
seja feita a vossa vontade
assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação
mas livrai-nos do mal.