Anunciação do Senhor

Hoje é dia quatro de Abril, segunda-feira, solenidade litúrgica da Anunciação do Senhor. 

De Anton Bruckner estás a escutar Ave Maria. 

Hoje, a Igreja celebra a solenidade da Anunciação do Senhor. 
Celebra-se hoje porque no dia próprio, vinte e cinco de Março, estavas a celebrar a sexta-feira santa e nos dias que se seguiram só havia lugar para o anúncio da ressurreição de Jesus. 
Alegra-te, hoje, com Maria e com o mundo inteiro, com todas as gentes, de todos os tempos e lugares, porque o Senhor não abandona o seu povo e anuncia que Se vai fazer um de nós, um como tu. Alegra-te... e começa assim a tua oração.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 1, 26-38]

O Anjo Gabriel foi enviado por Deus
a uma cidade da Galileia chamada Nazaré,
a uma Virgem desposada com um homem chamado José,
que era descendente de David.
O nome da Virgem era Maria.
Tendo entrado onde ela estava, disse o Anjo:
«Ave, cheia de graça, o Senhor está contigo».
Ela ficou perturbada com estas palavras e pensava que saudação seria aquela.
Disse-lhe o Anjo: «Não temas, Maria,
porque encontraste graça diante de Deus.
Conceberás e darás à luz um Filho, a quem porás o nome de Jesus.
Ele será grande e chamar-Se-á Filho do Altíssimo.
O Senhor Deus Lhe dará o trono de seu pai David;
reinará eternamente sobre a casa de Jacob e o seu reinado não terá fim».
Maria disse ao Anjo:
«Como será isto, se eu não conheço homem?».
O Anjo respondeu-lhe:
«O Espírito Santo virá sobre ti
e a força do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra.
Por isso o Santo que vai nascer será chamado Filho de Deus.
E a tua parenta Isabel concebeu também um filho na sua velhice
e este é o sexto mês daquela a quem chamavam estéril;
porque a Deus nada é impossível».
Maria disse então:
«Eis a escrava do Senhor;
faça-se em mim segundo a tua palavra». 

 

Pontos de oração

O anjo disse a Maria: «O Senhor está contigo». 
Não é uma saudação maravilhosa? E repara que também se aplica a ti porque Deus também está contigo. Medita um pouco sobre esta realidade.

O anjo continuou: «Encontraste graça diante de Deus». 
Já reparaste que tu também achaste graça diante de Deus? Tu também estás em graça. Não tens só pecado. Terás algum pecado mas muita graça, também. Medita, alegremente, sobre isso.

Nesta releitura do Evangelho, ouve o anjo a dizer-te: «Não temas, porque encontraste graça diante de Deus».

 

Colóquio final

No final desta oração, manifesta a Jesus a tua alegria e o teu reconhecimento por toda a graça que tens. Por toda a vida de Deus que está dentro de ti.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.