Primeiro domingo do Advento

Hoje, a Igreja celebra o primeiro domingo do Advento. 

As luzes das cidades parecem esconder, por vezes,
o brilho noturno das estrelas
ou dos pirilampos.
O mundo parece viver em constante vigília,
sem descanso nem meditação, 
numa corrida permanente;
e, entregue a esses ritmos,
podes esquecer o principal, o único, o vital.
Hoje é domingo, primeiro dia da semana
e primeiro domingo do Advento:
que a escuta da Palavra, dos sinais e dos irmãos
e a luz das estrelas
te ajudem no teu caminho de cada dia.

 

A liturgia da Palavra propõe-te a leitura do salmo 79. É uma súplica do povo – que se vê como um rebanho – ao seu Pastor, para que venha apascentá-lo; é também uma prece dos ramos da videira ao agricultor para que cuide sempre deles. 

[Salmo 79 (80), 2ac e 3b. 15-16.18-19]
Pastor de Israel, escutai,
Vós que estais sobre os Querubins, aparecei.
Despertai o vosso poder
e vinde em nosso auxílio.

Deus dos Exércitos, vinde de novo,
olhai dos céus e vede, visitai esta vinha.
Protegei a cepa que a vossa mão direita plantou,
o rebento que fortalecestes para Vós.

Estendei a mão sobre o homem que escolhestes,
sobre o filho do homem que para Vós criastes;
e não mais nos apartaremos de Vós:
fazei-nos viver e invocaremos o vosso nome. 

 

Pontos de oração

Na esperança da vinda do Messias, o salmista pede auxílio ao Senhor para proteger a vida do seu povo. Jesus é o Pastor que conduz às pastagens verdejantes; o Pai é o Agricultor que protege o povo fiel.
– Pastor de Israel, escutai, vinde em nosso auxílio.
– Deus dos Exércitos, visitai esta vinha. Protegei a cepa, o rebento que fortalecestes para Vós.
– Estendei a mão, fazei-nos viver e invocaremos o vosso nome.

A palavra de ordem deste dia é: vigilância. É preciso vigiar a chegada do Pastor que vem ao encontro do seu rebanho. Há que estar alerta, à espera do Agricultor que vem cuidar da sua vinha.
A começar o Advento, o que deves vigiar na tua vida? 

A atenção que é pedida a quem vigia requer esforço e dedicação. É preciso começar por pedir a graça de desejar viver em atitude de vigilância. Depois, é necessário colocar os meios. 
Escuta novamente o salmo e entrega-te nas mãos de Deus. 

Está aberto o caminho para este tempo de purificação do coração. Lentamente, vai deixando que se comece a construir o Presépio onde irá nascer o Deus Menino.  

 

Oração final

Pai nosso que estais nos céus
santificado seja o vosso nome
venha a nós o vosso Reino
seja feita a vossa vontade
assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação
mas livrai-nos do mal.