DOMINGO XXIX DO TEMPO COMUM

Hoje a Igreja celebra o vigésimo nono Domingo do Tempo Comum.

O domingo é a Páscoa semanal de Cristo e dos cristãos,
a tua Páscoa semanal.
Hoje, celebrando a ressurreição do Senhor,
recorda as palavras de São Paulo:
"Se morremos com Cristo, também com Ele viveremos".
Este é o caminho do Evangelho,
o teu caminho de todos os dias.
Pede ao Senhor que faça crescer em ti o desejo de morrer com Cristo, em cada dia,
e a alegria de ressuscitares com Ele para a vida bem-aventurada...
E começa assim a tua oração.

A tua existência é cheia de sentido, não só porque foste criado por Deus, mas também
porque Ele cuida de ti.

[Salmo 32 (33)]
A palavra do Senhor é reta,
da fidelidade nascem as suas obras.
Ele ama a justiça e a retidão:
a terra está cheia da bondade do Senhor.

Os olhos do Senhor estão voltados para os que O temem,
para os que esperam na sua bondade,
para libertar da morte as suas almas
e os alimentar no tempo da fome.

A nossa alma espera o Senhor:
Ele é o nosso amparo e protetor.
Venha sobre nós a vossa bondade,
porque em Vós esperamos, Senhor.

Oração de súplica de quem confia que será atendido:
“Os olhos do Senhor estão voltados para os que esperam na sua bondade”;
“... esperam na bondade do Senhor, para libertar da morte as suas almas”;
“... o Senhor é o nosso amparo e protetor”.

“A palavra do Senhor é recta… Ele ama a justiça e a rectidão”.
É certo que os focos de injustiça se multiplicam. Porém, simultaneamente, há uma outra
realidade que vai germinando. É Deus a querer manifestar-Se no mundo – a querer
irromper na tua vida. Dás-te conta? No final de cada dia da criação, Deus conclui que tudo
o que criou é bom. Tudo testemunha a bondade de Deus. Procura ver esses sinais, apoia-
te nesses testemunhos. Deixa que te rasguem o horizonte e te mostrem a abundância de
sentido da tua vida.

O salmo que vais escutar de novo tem como ponto de partida uma constatação que entra
pelos olhos dentro: Deus é de inteira confiança. Há experiências concretas na vida que o
mostram e te abrem à confiança, depois à esperança e, por fim, a um amor sempre
maior... Insere-te neste dinamismo da vida em Deus.

Pede ao Senhor a graça da esperança no meio das dificuldades, a graça de acolheres
com paz e de um modo risonho a semana que tens pela frente.

Pai nosso que estais nos céus
santificado seja o vosso nome
venha a nós o vosso Reino
seja feita a vossa vontade
assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação
mas livrai-nos do mal.