Sexta-feira da vigésima oitava semana do Tempo Comum

Hoje é dia dezanove de outubro, sexta-feira da vigésima oitava semana do Tempo
Comum.

Escolhe uma preocupação, pequena ou grande,
e entrega-a ao Senhor.
Diz-lhe, com toda a simplicidade:
“Aqui estou, Senhor”.
Depois, dá nome ao problema que Lhe queres confiar.
Deixa-o ficar com Deus e pede-lhe:
“Concede-me, Senhor, a graça da liberdade para poder estar contigo”.
E começa assim a tua oração.

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 12, 1-7]

Aa multidão afluía aos milhares,
a ponto de se atropelarem uns aos outros.
E Jesus começou a dizer, em primeiro lugar para os seus discípulos:
«Acautelai-vos do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia.
Não há nada encoberto que não venha a descobrir-se,
nem há nada oculto que não venha a conhecer-se.
Por isso, tudo o que tiverdes dito às escuras
será ouvido à luz do dia
e o que tiverdes dito aos ouvidos, nos aposentos interiores,
será proclamado sobre os telhados.
Digo-vos a vós, meus amigos:
Não temais os que matam o corpo e depois nada mais podem fazer.
Vou mostrar-vos a quem deveis temer:
Temei Aquele que, depois de matar,
tem poder para lançar na Geena.
Sim, Eu vos digo, a Esse é que deveis temer.
Não se vendem cinco passarinhos por duas moedas?
Contudo, nenhum deles é esquecido diante de Deus.
Mais ainda,
até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados.
Não temais.
Valeis mais do que todos os passarinhos».

Há duas realidades contagiosas: perversidade, falsidade e fingimento são contagiosos;
mas também o reino de Deus é contagioso. É fácil baixar os braços, desanimar e
desencorajar-se, como se a luta contra o mal fosse uma causa perdida.
Vais por este caminho ou dispões-te a viver como discípulo de Jesus?

Procura viver a tua fé a partir da oração em segredo, feita no quarto. Procura também
fazer uma experiência fraterna, numa pequena comunidade cristã, que se reúna
periodicamente para partilhar a vida de fé. Se o fizeres, passarás a experimentar uma
outra plenitude de vida – mais ainda, dar-te-ás conta que se multiplicam os frutos em
favor dos que te são mais próximos e de toda a sociedade.

Escuta novamente o Evangelho. “Os cabelos da tua cabeça estão todos contados. Não
temas. Vales mais do que todos os passarinhos.” Jesus confia totalmente em Deus.
Aprende com Ele.

Pede a graça de viveres a partir da comunhão profunda com Deus e de O deixares passar
para os outros!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.