Terça-feira da segunda semana do Tempo Comum

Hoje é dia vinte e dois de janeiro, terça-feira da segunda semana do tempo comum.

Começa hoje, no Panamá, a Jornada Mundial da Juventude. Até domingo, milhares de jovens de todo o mundo encontram-se para celebrar a fé em Jesus e partilhar a alegria de terem o Senhor como Companheiro de caminho. Procura acompanhar estes dias para experimentares a universalidade da Igreja e a alegria dos jovens que se deixam cativar por Cristo. Alegra-te com eles e leva-os contigo na tua oração.

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Marcos. [Ev Mc 2, 23-28]

Passava Jesus através das searas num dia de sábado
e os discípulos, enquanto caminhavam,
começaram a apanhar espigas.
Disseram-Lhe então os fariseus:
«Vê como eles fazem ao sábado o que não é permitido».
Respondeu-lhes Jesus:
«Nunca lestes o que fez David,
quando teve necessidade e sentiu fome,
ele e os seus companheiros?
Entrou na casa de Deus,
no tempo do sumo sacerdote Abiatar,
e comeu dos pães da proposição,
que só os sacerdotes podiam comer,
e também os deu aos companheiros».
E acrescentou:
«O sábado foi feito para o homem e não o homem para o sábado.
Por isso, o Filho do homem é também Senhor do sábado».

A pessoa mesquinha consegue ver pecado em tudo. Examina os outros com o rigor da lei, mas não entende a misericórdia e a compreensão. Julga, critica e condena, com medida apertada e tacanha, considerando que isso agrada a Deus.
Sentes-te tacanho e mesquinho no teu modo de julgar? A medida com que medires é a que será utilizada contigo, diz Jesus.

O Filho de Deus é Senhor do tempo e da vida e, portanto, do sábado. Por isso, afirma com desassombro que o sábado é para o homem e não o homem para o sábado.
Jesus anuncia um Deus Pai misericordioso e bom e quer que vivas à sua imagem. És bondoso e compreensivo? Justo, sem ser mesquinho?

Ouve com o coração o texto do Evangelho e anima-te, pede a graça de seres compreensivo e justo, sem seres mesquinho.

Suplica a Jesus que te dê um coração generoso e compreensivo.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.