Terça-feira da sétima semana do Tempo Comum

Hoje é dia vinte e seis de fevereiro, terça-feira da sétima semana do tempo comum.

Estes minutos de oração
constituem um momento muito especial no teu dia.
Pode ser algo que fazes habitualmente, sem dificuldade,
ou podes precisar de fazer um esforço grande para escolheres a oração.
Num caso como noutro,
é importante acreditares que a tua oração é especial,
porque tu és especial para Deus:
Ele criou-te sem ti, mas não te salva sem ti, dizia Santo Agostinho.
Deus precisa de ti...
Medita por momentos neste facto extraordinário... e começa assim a tua oração.

Escuta esta passagem do Livro de Ben Sira. [L1 Sir 2, 1-13]

Se queres servir o Senhor,
prepara a tua alma para a provação.
Procura ter um coração recto e constante
e não te perturbes no tempo da adversidade.
Une-te ao Senhor e não te afastes d’Ele, para seres exaltado no fim da tua vida.
Tudo aquilo que te aconteça, procura aceitá-lo,
e nas dificuldades da tua humilde condição sê paciente.
Porque o ouro prova-se no fogo e os homens eleitos na fornalha da humilhação.
Confia no Senhor e Ele cuidará de ti,
segue o caminho recto e espera no Senhor.
Vós que temeis o Senhor, confiai na sua misericórdia
e não vos afasteis, para não cairdes.
Vós que temeis o Senhor, confiai n’Ele e a recompensa não vos faltará.
Vós que temeis o Senhor, esperai os seus benefícios,
a alegria eterna e a sua misericórdia.
Vós que temeis o Senhor, amai-O e iluminar-se-á o vosso coração.
Considerai as antigas gerações e vede:
Quem confiou no Senhor e ficou desiludido?
Quem perseverou no seu temor e foi abandonado?
Quem O invocou e não foi atendido?
Porque o Senhor é compassivo e misericordioso,
perdoa os pecados e salva no tempo da tribulação.
Ele é o protetor dos que O procuram de coração sincero.

«Não te perturbes no tempo da adversidade», diz-nos o autor do livro de Ben Sira.
Não é fácil manter a tranquilidade diante dos problemas que nos tiram o sono.
O que mais te preocupa neste momento? Que dificuldades te têm acompanhado e sentes não conseguir resolver?

Manter a união com Deus, ser paciente e ter confiança. Este é um esquema de vida espiritual que não podes perder na agitação das dificuldades.
A união com Deus cresce pela perseverança na oração; a paciência solidifica a esperança; a confiança faz crescer a fé. Qual destes passos precisas de exercitar?

Vais escutar novamente o texto de Ben Sira. Repara como, por quatro vezes, se repete a expressão «Vós que temeis o Senhor», convidando à confiança, à espera e ao amor.

A confiança é necessária entre o tempo da prova e a calma que sempre acaba por chegar. Na agitação das águas, não se pode perder o rumo a seguir.
Termina esta oração pedindo a Deus a graça da confiança e da perseverança.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.