Quarta-feira da quinta semana do tempo pascal

Hoje é dia vinte e sete de abril, quarta-feira da quinta semana do tempo pascal. 

De Henry Purcell, estás a escutar Te Deum.

Rezar não é um momento desligado da vida, 
mas é levar a própria vida ao Senhor. 
Nestes minutos de oração que agora começas oferece o teu dia ao Senhor, pedindo-Lhe que a tua vida seja sempre vivida com Ele e para Ele. 
Assim, vale a pena começares a tua oração.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São João. [Ev Jo 15, 1-8]

Disse Jesus aos seus discípulos:
«Eu sou a verdadeira vide e meu Pai é o agricultor.
Ele corta todo o ramo que está em Mim e não dá fruto
e limpa todo aquele que dá fruto,
para que dê ainda mais fruto.
Vós já estais limpos, por causa da palavra que vos anunciei. 
Permanecei em Mim e Eu permanecerei em vós.
Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo,
se não permanecer na videira,
assim também vós, se não permanecerdes em Mim.
Eu sou a videira, vós sois os ramos.
Se alguém permanece em Mim e Eu nele,
esse dá muito fruto,
porque sem Mim nada podeis fazer.
Se alguém não permanece em Mim,
será lançado fora, como o ramo, e secará.
Esses ramos, apanham-nos, lançam-nos ao fogo e eles ardem. 
Se permanecerdes em Mim
e as minhas palavras permanecerem em vós,
pedireis o que quiserdes e ser-vos-á concedido.
A glória de meu Pai é que deis muito fruto.
Então vos tornareis meus discípulos».

 

Pontos de oração

«Se alguém permanece em Mim e Eu nele, esse dá muito fruto, porque sem Mim nada podeis fazer». 
Medita sobre estas palavras de Jesus e deixa que elas te falem de ti e da tua vida.

Jesus usava muitas imagens para ilustrar o que pretendia transmitir.
Ele usa o mundo à tua volta para te falar, a natureza, as pessoas, toda a criação. Basta que estejas atento para que a sua presença se torne visível aos teus olhos. 
Como te aproximas e relacionas com o que te rodeia? Procuras cuidar ou és só consumista dos dons do Senhor?

O texto que vais escutar novamente é o alimento da tua oração de hoje. Desperta os teus sentidos e abre o teu coração para o seu significado.

 

Colóquio final

Termina a tua oração de hoje renovando junto do Pai a vontade de seres seu discípulo e pede-Lhe que te revele onde precisa da tua ajuda.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.