Quarta-feira da terceira semana do tempo pascal

Hoje é dia treze de abril, quarta-feira da terceira semana do tempo pascal.

Tu, só com as tuas forças, não podes reconhecer a presença de Deus à tua volta. Só com o coração lavado pelo amor do Senhor poderás ser sensível à sua ação. 
É a sua graça que, habitando a tua intimidade, te faz reconhecer a sua presença na tua vida. 
Na oração é Ele quem te chama a abrires o teu coração para O receberes. Se abrires a porta, Ele entrará e fará de ti a sua morada e assim poderás encontrá-Lo sempre e em tudo. 
Pede-Lhe um coração pronto e disponível para O acolher. Assim, vale a pena começares a tua oração.

 

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São João. [Ev Jo 6, 35-40]

Disse Jesus à multidão:
«Eu sou o pão da vida:
Quem vem a Mim nunca mais terá fome
e quem acredita em Mim nunca mais terá sede.
No entanto, como vos disse,
‘embora tivésseis visto, não acreditais’.
Todos aqueles que o Pai Me dá virão a Mim
e àqueles que vêm a Mim não os rejeitarei,
porque desci do Céu, não para fazer a minha vontade, 
mas a vontade d’Aquele que Me enviou.
E a vontade d’Aquele que Me enviou é esta:
que Eu não perca nenhum dos que Ele Me deu,
mas os ressuscite no último dia.
De facto, é esta a vontade de meu Pai:
que todo aquele que vê o Filho e acredita n’Ele
tenha a vida eterna;
e Eu o ressuscitarei no último dia».

 

Pontos de oração

“Eu sou o pão da vida”, afirma Jesus. 
Comer o pão da vida é acolher Jesus como revelação e rosto do Pai. É aceitar o seu convite a acompanhá-Lo. É alimentar-se d’Ele. 
Jesus chama-te continuamente à comunhão de vida com Ele. 
Tens um coração disponível e atento a Jesus que te fala da fome e da sede que habitam em ti?

Jesus esteve sempre atento à vontade do Pai. O sentido da sua vida e dos seus gestos foi mostrar o amor do Pai pela humanidade. E o amor do Pai traz uma promessa de vida em abundância. Por isso, Jesus torna-se caminho para o Pai. Ele vai à procura da ovelha perdida, para a encher de vida. 
Seguindo Jesus, procuras fazer a vontade de Deus?

Ao escutares de novo este texto do Evangelho de São João, repara que Jesus insiste na promessa de vida para sempre àqueles que confiam n’Ele. 
Ele te ressuscitará.

 

Colóquio final

Ao terminares esta oração, pede a Jesus a graça de viveres cada vez mais em comunhão com Ele. Assim poderás ser sinal de vida em abundância junto daqueles que Ele te confia. 

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.