Quarta-feira da trigésima quarta semana do tempo comum

Hoje é dia vinte e nove de novembro, quarta-feira da trigésima quarta semana do tempo comum.

Abre o teu coração ao Espírito Santo. 
Pede-Lhe que te revele as profundezas da tua pobreza, 
do teu egoísmo, 
do teu apego a ti e às coisas. 
Deixa que seja o mesmo Espírito a revelar-te a tua capacidade de amar, 
de te dares, 
de seres feliz com os outros... 
Deixa que o Espírito Santo te liberte das ilusões e dos preconceitos... 
E, assim, livre para o teu encontro com Deus e com os outros, 
começa a tua oração.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev 21, 12-19]

Disse Jesus aos seus discípulos:
«Deitar-vos-ão as mãos e hão de perseguir-vos,
entregando-vos às sinagogas e às prisões,
conduzindo-vos à presença de reis e governadores,
por causa do meu nome.
Assim tereis ocasião de dar testemunho.
Tende presente em vossos corações
que não deveis preparar a vossa defesa.
Eu vos darei língua e sabedoria
a que nenhum dos vossos adversários
poderá resistir ou contradizer.
Sereis entregues até pelos vossos pais,
irmãos, parentes e amigos.
Causarão a morte a alguns de vós
e todos vos odiarão por causa do meu nome;
mas nenhum cabelo da vossa cabeça se perderá.
Pela vossa perseverança salvareis as vossas almas».  

 

Pontos de oração

Se te perdes na ilusão de alcançar uma vida de filho de Deus que seja cómoda e tranquila, esta passagem devolve-te à realidade. Na terra, é certamente Deus quem escreve a tua história, e isso pode descansar-te, mas nem sempre o fará pelas linhas que tu gostarias.

De novo: não tenhas medo! Terás dificuldades, mas é o Senhor quem te defende. Encontrarás pessoas que te irão contradizer, mas o Senhor irá dar-te palavras sábias. Basta-te ser firme em amar a todos e em não largar a mão de Deus.

E se a contrariedade vier de dentro da tua família, da casa onde vives? Ouve de novo o que o Senhor disse aos discípulos e verás que tens razões para manter a paz.

 

Colóquio final

O Senhor nunca te deixará. Tu, decide-te a nunca o deixar a Ele. A tua fidelidade é possível por causa da fidelidade garantida de Deus. Que hoje todos vejam, por isso, o teu sorriso e o teu bom humor.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.