Quarta-feira da trigésima semana do Tempo Comum

Hoje é dia vinte e seis de Outubro, quarta-feira da trigésima semana do Tempo Comum.

Libertar o coração para acolher o Senhor
é o caminho para uma vida profunda e intensa. 
Procura o silêncio no teu coração. 
Concentra-te numa palavra de louvor ou de agradecimento
e repete-a.
Deixa-te habitar por ela. Deixa-te preencher. Deixa-te libertar.
Permanece assim durante alguns momentos, 
para que o silêncio vá tomando conta de ti. 
Assim, com o coração habitado por um silêncio agradecido, vale a pena começares a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 13, 22-30]

Jesus dirigia-Se para Jerusalém
e ensinava nas cidades e aldeias por onde passava.
Alguém Lhe perguntou:
«Senhor, são poucos os que se salvam?».
Ele respondeu:
«Esforçai-vos por entrar pela porta estreita,
porque Eu vos digo
que muitos tentarão entrar sem o conseguir.
Uma vez que o dono da casa se levante e feche a porta,
vós ficareis fora e batereis à porta, dizendo:
‘Abre-nos, senhor’;
mas ele responder-vos-á: ‘Não sei donde sois’.
Então começareis a dizer:
‘Comemos e bebemos contigo,
e tu ensinaste nas nossas praças’.
Mas ele responderá:
‘Repito que não sei donde sois.
Afastai-vos de mim, todos os que praticais a iniquidade’.
Aí haverá choro e ranger de dentes,
quando virdes no reino de Deus
Abraão, Isaac e Jacob e todos os Profetas,
e vós a serdes postos fora.
Virão muitos do Oriente e do Ocidente, do Norte e do Sul,
e sentar-se-ão à mesa no reino de Deus.
Há últimos que serão dos primeiros
e primeiros que serão dos últimos».

 

Pontos de oração

Jesus dirige-se para Jerusalém, onde será condenado à morte. São Lucas, no Evangelho, recorda constantemente este caminho de Jesus. Ele caminha decididamente, assumindo os riscos da tarefa de anunciar o Reino de Seu Pai. 
Tens objetivos claros na tua vida como seguidor de Jesus?

No caminho, alguém faz perguntas sobre o número dos que se salvam. Jesus não cria falsas ilusões. Somente entram no Reino os que vivem no espírito das Bem-aventuranças: na alegria, na simplicidade e na misericórdia. Este é o novo olhar sobre a salvação que Jesus comunica. Queres viver neste espírito das Bem-aventuranças?

Ao escutares de novo este texto, apercebes-te que não basta ir à igreja ao domingo, ter frequentado a catequese ou pertencer ao grupo de jovens para ser reconhecido por Deus. O que queres ser? 

 

Colóquio final

Deus chama-nos à comunhão universal. Pede que Jesus te ajude a crescer no desejo de ser cada vez mais fiel aos seus ensinamentos.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.