Quarta-feira da vigésima sétima semana do tempo comum

Hoje é dia cinco de Outubro, quarta-feira da vigésima sétima semana do tempo comum. 

Toma consciência da presença de Deus. Ele está contigo. Ele está EM ti...
Ele está sempre contigo, mas nem sempre te apercebes disso. Que grande graça é poderes passar alguns minutos conscientemente na presença do teu Senhor. 
Acolhe delicadamente esta presença e agradece. 
Assim, vale a pena começares a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 11, 1-4]

Estava Jesus em oração em certo lugar.
Ao terminar, disse-Lhe um dos discípulos:
«Senhor, ensina-nos a orar,
como João Baptista ensinou também os seus discípulos».
Disse-lhes Jesus:
«Quando orardes, dizei:
‘Pai,
santificado seja o vosso nome;
venha o vosso reino;
dai-nos em cada dia o pão da nossa subsistência;
perdoai-nos os nossos pecados,
porque também nós perdoamos a todo aquele que nos ofende;
e não nos deixeis cair em tentação’».

 

Pontos de oração

A oração do Pai-Nosso é das primeiras orações que se aprende, ainda em criança. Saída da boca de Jesus, que a ensinou aos seus discípulos, revela a sua própria relação com Deus Pai. Toda a oração é diálogo, comunicação com Deus numa relação de amizade. Como cuidas desta amizade?

Quatro pedidos marcam a oração do Pai-Nosso: a santificação do nome de Deus; a vinda do Reino que transforma a vida humana; o pedido do pão eucarístico que fortalece a fé; o perdão dos pecados. Quando rezas a oração do Pai-Nosso, qual é a parte que mais te toca? 

Jesus diz que Deus é nosso Pai. Esta verdade ensina-nos que somos todos irmãos em Cristo, responsáveis pela vida uns dos outros. Agora que vais escutar outra vez o Evangelho, presta atenção à forma como Jesus te interpela a dar e receber, a perdoar e ser perdoado.

 

Colóquio final

A tua oração vai chegando ao fim. Não deixes que ela se conclua sem dizeres como os discípulos a Jesus: «Senhor, ensina-nos a orar».

Pai nosso que estais nos céus
santificado seja o vosso nome
venha a nós o vosso Reino
seja feita a vossa vontade
assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação
mas livrai-nos do mal..