Quarta-feira, festa litúrgica da Conversão de São Paulo

Hoje é dia vinte e cinco de Janeiro, quarta-feira, festa litúrgica da Conversão de São Paulo. 

Da Comunidade de Taizé estás a escutar Sit Nomen Domini

Celebramos hoje a conversão de São Paulo. 
O encontro com Jesus Ressuscitado mudou para sempre a sua vida, 
a sua forma de crer e de pensar. 
Jesus ressuscitado, que ele perseguia, 
tornou-Se o centro da sua espiritualidade e da sua teologia. 
Leva para a tua oração o desejo de conversão, de mudança de vida
e pede a graça de reconheceres as tuas cegueiras
que não te deixam ver bem a tua verdade
e a verdade de Jesus ressuscitado na tua vida. 
Assim, vale a pena começares a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do Livro dos Atos dos Apóstolos [At 22, 3.4-10]

Paulo disse ao povo: 
«Eu sou judeu e nasci em Tarso da Cilícia. 
Era tão zeloso no serviço de Deus como vós todos sois hoje. 
Persegui até à morte esta nova religião, 
algemando e metendo na prisão homens e mulheres, 
como podem testemunhar o Sumo Sacerdote e todo o Senado. 
Recebi até, da parte deles, 
cartas para os irmãos de Damasco
e para lá me dirigi, 
com a missão de trazer algemados os que lá estivessem,
a fim de serem castigados em Jerusalém. 
Sucedeu, porém, que, no caminho, 
ao aproximar-me de Damasco, por volta do meio-dia, 
de repente brilhou ao redor de mim uma intensa luz vinda do Céu. 
Caí por terra e ouvi uma voz que me dizia: 
‘Saulo, Saulo, porque Me persegues?’. 
Eu perguntei: ‘Quem és Tu, Senhor?’. 
E Ele respondeu-me: 
‘Eu sou Jesus Nazareno, a quem tu persegues’. 
Os meus companheiros viram a luz, 
mas não ouviram a voz que me falava. 
Então perguntei: ‘Que hei-de fazer, Senhor?’. 
E o Senhor disse-me: 
‘Levanta-te e vai a Damasco; lá te dirão tudo o que deves fazer’. 

 

Pontos de oração

“Que queres que eu faça, Senhor?” 
Estas palavras de Paulo na estrada de Damasco podem ser as tuas palavras, hoje. Pede ao Senhor que te derrube do orgulho que não te deixa ver que é a Ele que persegues quando, nos teus pensamentos, nas tuas ideias, na tua verdade não cabem todos os homens que Ele ama com amor eterno.

A conversão de Paulo não é contada por outros, de modo que possamos pensar que se trata de uma história imaginada, mas é o próprio quem a recorda. A sua experiência foi vivida na primeira pessoa e narra a sua transformação de perseguidor a perseguido por causa da fé. O Zelo é a caraterística fundamental do apóstolo: cuidar do seu testemunho e do anúncio a todos para o bem de todos, para que Deus seja conhecido e amado. 

Escuta novamente a leitura e pede com confiança que o Senhor te dê a graça de experimentares a força da sua presença na tua vida, a fim de te tornares testemunha da salvação oferecida a todos os homens. Que a tua vida seja fortalecida pela graça, para não te deixares dominar pelas forças do mal que obscurecem a mente e enfraquecem a vontade. 

 

Colóquio final

Termina a tua oração pedindo ao Senhor que possas experimentá-Lo como Paulo, transmitindo-te coragem no anúncio do Evangelho. 

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.