Quinta-feira da décima quinta semana do tempo comum

Hoje é dia catorze de julho, quinta-feira da décima quinta semana do tempo comum.

Durante muito tempo, 
o Cristianismo foi apresentado como uma carga pesada, 
um peso quase insuportável imposto por Deus aos homens. 
E hoje ainda há quem pense e sinta assim. 
Talvez isso tenha sido fruto de se dar mais importância ao fazer coisas
e cumprir regras
do que ao Amor. 
Mas Deus é Amor... 
e na relação com Ele, o importante é o amor. 
Tudo o mais vem por acréscimo. 
Entrega-te nos braços deste Deus-Amor... e começa assim a tua oração.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Mateus. [Ev Mt 11, 28-30] 

Jesus exclamou:
«Vinde a Mim,
todos os que andais cansados e oprimidos,
e Eu vos aliviarei.
Tomai sobre vós o meu jugo,
e aprendei de Mim,
que sou manso e humilde de coração,
e encontrareis descanso para as vossas almas. 
Porque o meu jugo é suave e a minha carga é leve». 

 

Pontos de oração

Jesus diz-te: “Vem a Mim”. Escuta esse apelo, esse convite. Tens problemas, dificuldades, sentes tristeza, sentes o peso da cruz? Vai a Jesus. Só Ele te pode aliviar. Só Ele tem poder para ser consolador e libertar-te. Confias n’Ele, acreditas que Ele é teu amigo? Vai ter com Ele, dialoga com Ele.

Jesus faz-te outro convite: “aprende do meu Coração”, ou seja, tem um coração semelhante ao meu.
O coração de Jesus tem todo o amor divino e todo o amor humano. É oceano infinito de todas as virtudes. Por isso, podes aprender com o seu Coração, deves ser discípulo do seu Coração. É a tua grande escola. 
Estás convencido disso? Queres mesmo entrar nesse caminho de santidade?

Vais ouvir novamente o texto do Evangelho. Escuta-o com serenidade e humildade.

 

Colóquio final

Pede a Jesus a graça de ires sempre até Ele para aprender as virtudes do seu Coração.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.