Quinta-feira da nona semana do tempo comum

Hoje é dia oito de junho, quinta-feira da nona semana do tempo comum. 

Há uma sabedoria presente
na celebração litúrgica do tempo comum:
ela transporta-te para os relatos evangélicos,
e fala-te dos encontros de Jesus, das refeições,
das palavras e parábolas do quotidiano,
da difícil aprendizagem dos discípulos.
Identifica-te com estes passos
e tece com eles os teus dias.
Começa assim a tua oração.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Marcos. [Ev Mc 12, 28b-34] 

Aproximou-se de Jesus um escriba e perguntou-Lhe:
«Qual é o primeiro de todos os mandamentos?».
Jesus respondeu:
«O primeiro é este:
‘Escuta, Israel:
O Senhor nosso Deus é o único Senhor.
Amarás o Senhor teu Deus
com todo o teu coração, com toda a tua alma,
com todo o teu entendimento e com todas as tuas forças’.
O segundo é este:
‘Amarás o teu próximo como a ti mesmo’.
Não há nenhum mandamento maior que estes».
Disse-Lhe o escriba:
«Muito bem, Mestre! Tens razão quando dizes:
Deus é único e não há outro além d’Ele.
Amá-Lo com todo o coração,
com toda a inteligência e com todas as forças,
e amar o próximo como a si mesmo,
vale mais do que todos os holocaustos e sacrifícios».
Ao ver que o escriba dera uma resposta inteligente,
Jesus disse-lhe:
«Não estás longe do reino de Deus».
E ninguém mais se atrevia a interrogá-Lo. 

 

Pontos de oração

No meio de tantas leis e preceitos, um doutor da Lei quis saber da boca de Jesus qual era a principal. Também hoje muitas pessoas querem saber o que é mais importante na religião. Jesus responde de forma breve e profunda: ama a Deus e ao próximo. Duas faces da mesma moeda, pois o amor é só um. É o resumo do que Jesus viveu e ensinou.
Como está a qualidade do teu amor?

O doutor da Lei concordou com Jesus. Descobriu que o mandamento do amor vale mais que outras leis relacionadas com o culto, as promessas, as novenas, os sacrifícios e as procissões. Jesus apreciou a sua resposta inteligente, resposta de quem está perto do reino de Deus. E o Reino está onde está o amor real e concreto. 
Sentes-te a fazer parte do Reino de Deus? 

Ao ouvires de novo esta passagem do Evangelho, repara que amar pede o coração, a inteligência, as forças, as mãos, a pessoa por inteiro.  

 

Colóquio final

Jesus convida-te a amar como Ele. Pede-Lhe a graça de responder a esse convite em cada hoje que te é dado viver.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.