Quinta-feira da primeira semana do Advento

Hoje é dia seis de dezembro, quinta-feira da primeira semana do Advento.

Começa a tua oração procurando fazer silêncio,
o silêncio interior que te pacifica e prepara para estares com Deus.
Não é fácil, este silêncio. Mas é possível.
Hoje, durante alguns momentos, procura-o e pede-o ao Senhor
como uma graça do seu Espírito Santo.
E, deste modo, já começaste a tua oração.

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Mateus. (Ev. Mt 7, 21.24-27]

Disse Jesus aos seus discípulos:
«Nem todo aquele que Me diz ‘Senhor, Senhor’
entrará no reino dos Céus,
mas só aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos Céus.
Todo aquele que ouve as minhas palavras
e as põe em prática
é como o homem prudente
que edificou a sua casa sobre a rocha.
Caiu a chuva, vieram as torrentes
e sopraram os ventos contra aquela casa;
mas ela não caiu, porque estava fundada sobre a rocha.
Mas todo aquele que ouve as minhas palavras
e não as põe em prática
é como o homem insensato
que edificou a sua casa sobre a areia.
Caiu a chuva, vieram as torrentes
e sopraram os ventos contra aquela casa;
ela desmoronou-se e foi grande a sua ruína».

Certamente conheces o ditado popular que diz: “Palavras leva-os o vento”. Ou aquele outro que diz: “Bem prega frei Tomás, faz o que ele diz e não o que ele faz”. Uma das maiores doenças espirituais do nosso tempo é a “esquizofrenia da fé”. Celebrar a eucaristia ao domingo e depois a vida é uma outra coisa.
O que professas com os lábios é o que vives?

A rocha é a relação com Jesus, é Jesus: uma relação sincera, verdadeira, difícil em certos momentos, mas sempre autêntica. Assim, a tua casa, a tua vida, nunca será destruída e nunca estarás só.

Ao escutar de novo o Evangelho, sente a gravidade das palavras de Jesus.

Interroga-te sobre as partes da tua vida que estão a ser construídas sobre a areia.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.