Quinta-feira depois das cinzas

Hoje é dia sete de março, quinta-feira depois das cinzas.

Ontem, a Igreja celebrou a quarta-feira de cinzas,
abrindo os caminhos da quaresma.
Olha esses caminhos com alegria,
considerando como a oração, o jejum e a esmola
podem ajudar-te a progredir na santidade,
vocação definitiva de todos os cristãos.
Reconhece a tua fragilidade,
os limites do teu amor e da tua fé
e a largueza do teu pecado.
Diz ao Senhor:
“Compadece-te de mim, ó Deus, pela tua bondade”.
Inclui neste pedido os teus irmãos perseguidos por causa do Evangelho...
E começa assim a tua oração.

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 9, 22-25]

Disse Jesus aos seus discípulos:
«O Filho do homem tem de sofrer muito,
ser rejeitado pelos anciãos, pelos príncipes dos sacerdotes e pelos escribas;
tem de ser morto e ressuscitar ao terceiro dia».
E, dirigindo-Se a todos, disse:
«Se alguém quiser seguir-Me,
renuncie a si mesmo,
tome a sua cruz todos os dias e siga-Me.
Pois quem quiser salvar a sua vida,
tem de perdê-la;
mas quem perder a vida por minha causa,
salvá-la-á.
Na verdade,
que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro,
se vier a perder-se ou arruinar-se a si próprio?».

Jesus inverte a lógica do mundo, de poder, de ter e de fazer para dar nas vistas.
Ele desafia-te a seguir a sua lógica de amor, pobreza e humildade: entregue a Deus e aos irmãos por amor. Quando já não tens capacidade para alterar uma situação na tua vida, Jesus desafia-te a mudar quem és. Ao fim e ao cabo, que interessa ganhares o mundo inteiro se acabas por te perder a ti mesmo?

Qual será o monumento da tua existência? Qual é o rasto que queres deixar neste mundo? O caminho do Senhor está diante de ti. Pegar na tua cruz e seguir Jesus todos os dias significa aceitar com amor os sofrimentos que a vida traz consigo. É seguir o Senhor para onde quer que vá!

Escuta novamente a leitura e pede ao Senhor a graça de um SIM generoso à sua vontade em favor dos irmãos que sofrem.

Termina a tua oração com o desejo de te gastares por amor. Pela oração, jejum e generosidade de serviço contribuirás para um mundo melhor! Desta forma, estarás a dar força aos irmãos que sofrem por amor a Jesus e à sua Igreja.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.