Quinta-feira da terceira semana da Quaresma

Hoje é dia vinte e oito de março, quinta-feira da terceira semana da quaresma.

“Adoremos o Senhor que nos criou”.
Estas palavras do salmista
podem ajudar-te a criar o ambiente mais adequado para a tua oração.
É fácil esquecer a ação criadora de Deus,
numa sociedade que parece ter adquirido poder absoluto sobre a vida.
É mais fácil ainda perder o sentido da adoração,
considerada como atitude de gente pouco culta e supersticiosa.
Não permitas que este modo de pensar se instale no teu coração.
Não tenhas vergonha de adorar o Senhor.
Ele é o teu criador e é Ele que te mantém na existência.
Agradece e adora... e começa assim a tua oração.

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 11, 14-23]

Jesus estava a expulsar um demónio que era mudo.
Logo que o demónio saiu, o mudo falou
e a multidão ficou admirada.
Mas alguns dos presentes disseram:
«É por Belzebu, príncipe dos demónios, que Ele expulsa os demónios».
Outros, para O experimentarem, pediam-Lhe um sinal do céu.
Mas Jesus, que conhecia os seus pensamentos, disse:
«Todo o reino dividido contra si mesmo, acaba em ruínas
e cairá casa sobre casa.
Se Satanás está dividido contra si mesmo,
como subsistirá o seu reino?
Vós dizeis que é por Belzebu que Eu expulso os demónios.
Ora, se Eu expulso os demónios por Belzebu,
por quem os expulsam os vossos discípulos?
Por isso eles mesmos serão os vossos juízes.
Mas se Eu expulso os demónios pelo dedo de Deus,
então quer dizer que o reino de Deus chegou até vós.
Quando um homem forte e bem armado guarda o seu palácio,
os seus bens estão em segurança.
Mas se aparece um mais forte do que ele e o vence,
tira-lhe as armas em que confiava e distribui os seus despojos.
Quem não está comigo está contra Mim e quem não junta comigo dispersa».

“É por Belzebu, príncipe dos demónios, que Ele expulsa os demónios”.
O que move realmente Jesus? Acusam Jesus de fazer o bem – a cura do mudo – recorrendo às forças do mal! E pedem-Lhe um sinal do céu que ateste que é Deus quem age através d'Ele. Jesus mostra que a acusação que Lhe fazem não tem qualquer fundamento. É impossível fazer o bem recorrendo ao mal!
Se os meios a que recorres não são honestos, serás desmascarado e o desfecho nunca poderá ser bom.

“Se Eu expulso os demónios pelo dedo de Deus, então quer dizer que o reino de Deus chegou até vós.”
A qualidade da árvore conhece-se pelos frutos. A profecia relativa ao reino de justiça e paz concretiza-se em Jesus. Acolhe-O como Senhor da tua vida.

Escuta novamente o Evangelho.
“Quem não está comigo está contra Mim e quem não junta comigo dispersa”. Jesus unifica-te interiormente e congrega a tua comunidade. Em contrapartida, diabólico é o que divide – e o que está dividido. Consequentemente, o mal tem os dias contactos, acabando por se destruir a si mesmo.

Termina este tempo de oração pedindo a graça de viveres a partir da comunhão com Jesus para seres capaz de te doar aos outros.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.