Quinta-feira da primeira semana do tempo comum

Hoje é dia doze de janeiro, quinta-feira da primeira semana do tempo comum. 

De Keith Duke, estás a escutar You, Lord, are in this place.

«Eu sou o caminho, a verdade e a vida», diz o Senhor.  
Jesus identifica-Se com a história humana. Faz-Se um de nós e mostra-nos o rosto do Pai. Diz-nos que Deus é todo misericordioso, mostra-nos que Ele é amor. 
O Senhor nada mais quer a não ser a vitória do amor na tua vida e mostra-te o Caminho que Ele é. 
A tua verdade é Cristo. 
A tua vida é o amor. Segue-o!
Assim, vale a pena começares a tua oração.

 

Escuta esta passagem do salmo noventa e quatro. [Slm 94 (95), 6-11]

Vinde, prostremo-nos em terra,
adoremos o Senhor que nos criou.
Pois Ele é o nosso Deus
e nós o seu povo, as ovelhas do seu rebanho.
Quem dera ouvísseis hoje a sua voz:
«Não endureçais os vossos corações,
como em Meriba, como no dia de Massa no deserto, 
onde vossos pais Me tentaram e provocaram,
apesar de terem visto as minhas obras.
Durante quarenta anos essa geração Me desgostou
e Eu disse: 
É um povo de coração transviado,
que não conheceu os meus caminhos. 
Por isso jurei na minha ira:
Não entrarão no meu repouso».

 

Pontos de oração

O salmo diz-nos que Deus é o bom pastor e nós somos as ovelhas do seu rebanho. Com certeza, lembras-te daquela passagem em que Jesus fala do bom pastor que abandona todas as ovelhas para ir procurar a ovelha perdida.

Por muito que estejas perdido, Deus vai sempre atrás de ti. Deus nunca desiste de ti. Nunca desistas de Deus, nunca desistas de rezar, de falar com Ele, de Lhe agradecer a tua vida. 

Escuta outra vez o salmo. Imagina Deus a deixar tudo para ir à tua procura. É uma coisa extraordinária: Deus ama-te tanto que larga tudo para te procurar! 

 

Colóquio final

Ao terminares esta oração, expressa a Jesus a tua vontade de também largares tudo para O procurares, para estares com Ele, para ficares com Ele.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.