Quinta-feira da quarta semana do Tempo Comum

Hoje é dia um de fevereiro, quinta-feira da quarta semana do Tempo Comum. 

Na tua oração, não deixes de acolher
as experiências que te habitam,
assumindo-as no teu diálogo com o Senhor.
Hoje, começa a tua oração
escutando este convite de um poeta sufi do século treze: 
«O ser humano é uma casa de acolhimento.
A cada manhã chega um novo hóspede: 
uma alegria, uma tristeza, uma maldade, 
que vêm como visitantes inesperados.
Dá-lhes as boas-vindas e recebe-os a todos.
Agradece a todos os que te visitam,
porque todos te foram enviados
como guias para o Transcendente».

 

Escuta esta passagem do Primeiro Livro dos Reis. [L1 1 Rs 2, 1-4.10-12]

Ao aproximar-se o dia da sua morte,
David ordenou a seu filho Salomão:
«Vou seguir o caminho de todos os mortais.
Tem coragem e procede como um homem.
Guarda os mandamentos do Senhor, teu Deus.
Segue os seus caminhos,
cumprindo os seus preceitos, estatutos, normas e decretos,
conforme está escrito na Lei de Moisés.
Assim serás bem sucedido
em todas as tuas obras e empreendimentos
e o Senhor cumprirá a promessa que me fez:
‘Se os teus filhos procederem bem
e caminharem fielmente na minha presença,
com todo o coração e toda a alma,
nunca te faltará um descendente no trono de Israel’».
David foi fazer companhia a seus pais no sono da morte
e foi sepultado na «Cidade de David».
O reinado de David sobre Israel durou quarenta anos:
em Hebron reinou sete anos e em Jerusalém trinta e três.
Salomão sentou-se no trono de seu pai David
e a sua realeza consolidou-se firmemente. 

 

O rei David, no final da sua vida, ao sentir o aproximar-se da morte, aconselha o seu filho. Quais seriam os sentimentos deles naquele momento? 
Ainda que te pareça muito longe, que sentimento te provoca pensar na tua morte?

Num momento de fortes emoções, David aconselha Salomão, seu filho. 
E tu, com a experiência que já tens, que conselhos darias a alguém a quem queres todo o bem? 

David aconselha Salomão a seguir os mandamentos de Deus. Põe-te no lugar do filho e ouve de novo as palavras do pai, considerando o peso que têm: são as últimas palavras de um grande rei, amado por todo o seu povo.

Conclui a tua oração falando com o teu Pai do Céu sobre o testamento de David, que aconselha Salomão a guardar os mandamentos de Deus para ser bem sucedido. Pede ao Senhor que te ajude a entender o lugar que os seus mandamentos têm na tua vida. 

 

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.