Quinta-feira da segunda semana do Tempo Comum

Hoje é dia dezoito de janeiro, quinta-feira da segunda semana do Tempo Comum. 

Ao começar a tua oração, recorda-te de quanto és amado pelo Senhor, a tal ponto que deu a sua vida para que tivesses vida. Este Senhor que tanto te ama continua a dar a sua vida por ti nos teus irmãos que sofrem perseguição pela sua fé. Hoje, em comunhão com a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre, agradece ao Senhor o seu amor e a coragem dos cristãos perseguidos. Reza por eles, e começa assim a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do Salmo 55 [Slm 55 (56), 2-3.9-10ab.10c-11.12-13] 

Compadecei-Vos de mim, Senhor,
porque os homens me calcam aos pés
e lutam sem descanso para me oprimir.
Os meus inimigos esmagam-me sem tréguas
são tantos, ó Altíssimo, os que me fazem guerra.

Vós contastes os passos da minha vida errante
e recolhestes as minhas lágrimas.
Recuarão os meus inimigos,
no dia em que eu Vos invocar.

Bem sei que Deus está por mim;
e eu enalteço a palavra de Deus,
enalteço a promessa do Senhor.

Em Deus confio e nada temo:
que poderão fazer-me os homens?
Meu Deus, hei de cumprir as minhas promessas,
oferecer-Vos-ei sacrifícios de ação de graças. 

 

Pontos de oração

«Em Deus confio e nada temo: que poderão fazer-me os homens?», reza o salmista. Esta confiança na proteção do Senhor derruba qualquer muro de medo e insegurança perante a maldade humana. Se o teu coração estiver centrado em Cristo, poderá advir uma onda de problemas, crises e perseguições, mas tu não vacilarás. 

O Senhor conta os teus passos errantes e recolhe as tuas lágrimas. Nada Lhe é oculto. Agradece o sofrimento e o sacrifício deste teu dia. Deus sofre em ti e contigo. Quanto mais ofereceres por amor o teu sofrimento, tanto mais estarás a contribuir para a paz no mundo.

Escuta novamente o Salmo e pede ao Senhor a graça de aceitares com submissão os sofrimentos que o Senhor te quiser enviar.

 

Colóquio final

Ao terminares a tua oração, faz o propósito de ofereceres tudo pelos teus irmãos que sofrem pela sua fé em Jesus Cristo. Quando ofereces algo por amor, reconstróis o mundo por dentro e contribuis para a conversão dos homens, teus irmãos em Cristo. 

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.