Quinta-feira da sétima semana do tempo comum

Hoje é dia dezanove de maio, quinta-feira da sétima semana do tempo comum.

Estás a escutar um tema de Johann Sebastian Bach

No silêncio e na disponibilidade interior
dá lugar à presença de Deus em ti neste dia.
Procura não desejar muito
nem esperar demasiado de ti e destes minutos de oração.
Deixa-te ficar simples e pobre,
disponível para Deus, na certeza do seu amor.
E, tanto quanto possível, coloca-te à escuta dos teus irmãos,
daquele ou daquela que mais necessita de ti.
Deixa que eles ocupem o lugar principal
e diante deles começa a tua oração.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Marcos. [Ev Mc 9, 41-50]
 
Disse Jesus aos seus discípulos:
«Quem vos der a beber um copo de água, por serdes de Cristo,
em verdade vos digo que não perderá a sua recompensa.
Se alguém escandalizar algum destes pequeninos
que crêem em Mim,
melhor seria para ele que lhe atassem ao pescoço
uma dessas mós movidas por um jumento
e o lançassem ao mar.
Se a tua mão é para ti ocasião de pecado, corta-a;
porque é melhor entrar mutilado na vida
do que ter as duas mãos e ir para a Geena,
para esse fogo que não se apaga.
E se o teu pé é para ti ocasião de pecado, corta-o;
porque é melhor entrar coxo na vida
do que ter os dois pés e ser lançado na Geena.
E se um dos teus olhos é para ti ocasião de pecado,
deita-o fora;
porque é melhor entrar no reino de Deus só com um dos olhos
do que ter os dois olhos e ser lançado na Geena,
onde o verme não morre e o fogo nunca se apaga».
Na verdade, todos serão salgados com fogo.
O sal é coisa boa; mas se ele perder o sabor,
com que haveis de temperá-lo?
Tende sal em vós mesmos
e vivei em paz uns com os outros». 

 

Pontos de oração

Estas frases de Jesus parecem duras, mas conduzem-nos à verdadeira liberdade. 
O que está a ser para ti ocasião de pecado? O que te tira a liberdade e te afasta de Deus e dos outros?

Jesus convida-nos a cortar com o que é para nós ocasião de pecado. Como podes concretizar este convite?

Ouve de novo o que Jesus te diz e aplica-o àquelas coisas que neste momento são para ti ocasião de pecado. 

 

Colóquio final

Pede a Jesus a liberdade de que precisas. Só Ele te pode fazer verdadeiramente livre. Conversa com Ele sobre isso.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.