Quinta-feira da trigésima quarta semana do tempo comum

Hoje é dia vinte e quatro de Novembro, quinta-feira da trigésima quarta semana do tempo comum. 

Deus chama-te a uma experiência integral de vida onde Espírito, Alma e Corpo estão unidos em harmonia. A Vida em abundância que Jesus te oferece é realização total do amor em ti. O Amor une e não separa, dá-te unidade interior e realiza em ti a paz de quem se deixa unificar e pacificar. 
Só em Cristo tudo aquilo que és encontra o seu centro. Só n’Ele encontras o teu centro. Pede-Lhe agora a graça de fazeres d’Ele o centro da tua vida. Pede-lhe uma vida abundante. Assim, vale a pena começares a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 21, 20-28]

Disse Jesus aos seus discípulos:
«Quando virdes Jerusalém cercada por exércitos,
sabei que está próxima a sua devastação.
Então, os que estiverem na Judeia fujam para os montes,
os que estiverem dentro da cidade saiam para fora
e os que estiverem nos campos não entrem na cidade.
Porque serão dias de castigo,
nos quais deverá cumprir-se tudo o que está escrito.
Ai daquelas que estiverem para ser mães
e das que andarem a amamentar nesses dias,
porque haverá grande angústia na terra e indignação contra este povo.
Cairão ao fio da espada,
irão cativos para todas as nações e Jerusalém será calcada pelos pagãos,
até que aos pagãos chegue a sua hora.
Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas e, na terra, angústia entre as nações,
aterradas com o rugido e a agitação do mar.
Os homens morrerão de pavor,
na expectativa do que vai suceder ao universo,
pois as forças celestes serão abaladas.
Então hão de ver o Filho do homem vir numa nuvem,
com grande poder e glória.
Quando estas coisas começarem a acontecer,
erguei-vos e levantai a cabeça, porque a vossa libertação está próxima». 

 

Pontos de oração

Estamos no fim do ano litúrgico, as leituras apontam para o fim dos tempos. Fim pode significar que acabam os tempos, ou pode significar o ponto para onde tudo converge, a finalidade. É isso que Jesus diz: ergue-te, levanta a cabeça, porque a tua libertação está próxima. O terror e a violência não levarão a melhor. Acreditas nisto?

As forças celestes que serão abaladas são o sinal de que nada será como dantes, sinal de renovação. Sabes que não vivemos num mundo ideal, por isso procura olhar as convulsões do mundo que conheces como oportunidades. A libertação que Jesus anuncia pode começar exatamente aí, na renovação, se te deixares guiar por Ele.

Ouve de novo o discurso de Jesus. No final de um cenário catastrófico, o Filho do Homem virá numa nuvem. Como se todas as coisas assustadoras antes anunciadas perdessem a sua força e tudo se acalmasse na presença do Filho do Homem. Deixa-te serenar também pela sua presença. 

 

Colóquio final

No fim da tua oração, olha para o Filho do Homem e pede¬ Lhe que te ajude a ser fiel a Ele no meio das convulsões do mundo e da tua vida. Pede¬ Lhe que te guie na renovação da tua vida e do mundo à tua volta.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.