Quinta-feira da vigésima oitava semana do Tempo Comum

Hoje é dia dezanove de outubro, quinta-feira da vigésima oitava semana do Tempo Comum. 

As páginas bíblicas também contêm
vestígios e relatos de violência, perseguição
e sofrimento.
E muitas dessas passagens
têm a Deus por referência, nome e autoria.
Só uma pedagogia divina, bela e profunda,
pode trazer à luz o pecado que oprime o coração humano,
conduzindo-o, pela suavidade da Palavra,
ao encontro de Jesus, o justo inocente.
Hoje, começa a tua oração
pedindo ao Senhor o espaço e o silêncio necessários
para curar e libertar o teu coração
de todas as violências que o oprimem.

 

Escuta esta passagem do Salmo 129. [Salmo 129 (130),1-2.3-4ab.4c-6] 

Do profundo abismo chamo por Vós, Senhor,
Senhor, escutai a minha voz.
Estejam os vossos ouvidos atentos
à voz da minha súplica.

Se tiverdes em conta as nossas faltas,
Senhor, quem poderá salvar-se?
Mas em Vós está o perdão,
para Vos servirmos com reverência.

Eu confio no Senhor,
a minha alma espera na sua palavra.
A minha alma espera pelo Senhor
mais do que as sentinelas pela aurora. 

 

Pontos de oração

Nunca estarás num abismo tão fundo que Deus não te queira ouvir. Pensa até que, quanto maior for o teu desamparo, mais depressa te atenderá. E se o teu mal for um grande pecado que te pareça imperdoável, é então que estarás à cabeça da fila prioritária de Deus.

Em Deus está o perdão. Como escreveu São Josemaria: “Um simples juiz tem de condenar o réu convicto e confesso. O poder soberano de um país, algumas vezes, concede uma amnistia ou um indulto. A uma alma contrita, Deus perdoa sempre“.

Jesus confidenciou a Santa Faustina que a sua maior mágoa era os homens não confiarem n'Ele e na sua misericórdia. Tens de confiar mais n’Ele. Repara se não é isso que, com o salmo, Deus te quer ensinar.

 

Colóquio final

Hoje, o propósito a tirar é claro. Se em Deus está o perdão e se n’Ele confias, pergunta-te quando foi a última vez que te aproximaste da Confissão, e quando vai ser a próxima vez.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.