Quinta-feira, festa da Dedicação da Basílica de Latrão

Hoje é dia nove de novembro, quinta-feira, festa da Dedicação da Basílica de Latrão. 

Estás prestes a iniciar o teu momento de oração.
Permite que este seja um momento de alegria,
de encontro com o Senhor que faz em ti a sua morada,
na realidade da tua vida e nos laços dos teus irmãos.
Deixa de parte, por um momento, os teus projetos e ideias,
as tuas respostas e interrogações;
e abre-te à Graça, à alegria e à paz.
Começa assim a tua oração.

 

Escuta esta passagem da Primeira Epístola de São Paulo aos Coríntios. [L1 1 Cor 3, 9c-11.16-17] 

Vós sois edifício de Deus.
Segundo a graça de Deus que me foi dada,
eu, como sábio arquiteto, coloquei o alicerce
e outro levanta o edifício.
Veja cada um como constrói:
ninguém pode colocar outro alicerce
além do que está posto, que é Jesus Cristo.
Não sabeis que sois templo de Deus
e que o Espírito de Deus habita em vós?
Se alguém destrói o templo de Deus, Deus o destruirá.
Porque o templo de Deus é santo
e vós sois esse templo. 

 

Pontos de oração

A consagração da Basílica de Latrão, a catedral do Papa em Roma, é uma festa de família, a da Igreja universal e, por isso, católica. 
Sentes que esta festa da consagração da Basílica de Latrão te diz alguma coisa, ou vives a tua fé na concha do egoísmo, como segurança e defesa dos teus interesses?

O alicerce da construção de uma casa, onde todos possam encontrar-se, é Cristo, a pedra viva onde tudo assenta. 
«Veja cada um como constrói», adverte São Paulo. Trabalhas para edificar, em Cristo, um mundo mais fraterno?

Podes ir à Igreja e não ser Igreja, se a comunidade não existe em ti. Pelo batismo, a tua consagração a Deus tornou-se definitiva. Procuras viver assim, templo santo, lugar de comunhão? Pede a Jesus que te conceda esta graça.

 

Colóquio final

Termina a tua oração adorando a Santíssima Trindade presente no teu coração, no mundo, nas pessoas com quem partilhas o tempo e a vida. Pede ao Senhor que te ajude a levantar, com todos os homens e mulheres, o edifício da justiça e da paz.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.