Quinta-feira, memória litúrgica de Santo Ambrósio

Hoje é dia sete de dezembro, quinta-feira, memória litúrgica de Santo Ambrósio. 

O Advento fala-nos de uma salvação já presente
no seio da nossa vida,
como uma abertura, uma semente, uma porta de justiça.
Hoje, começa a tua oração
com estas palavras de louvor do salmo 118:
«Abri-me as portas da justiça:
quero entrar para dar graças ao Senhor.
Esta é a porta do Senhor: 
os justos entrarão por ela.
Eu te darei graças porque me respondeste,
porque foste o meu salvador.
Este é o dia da vitória do Senhor:
Cantemos e alegremo-nos nele!»

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Mateus. [Ev Mt 7, 21.24-27] 

Disse Jesus aos seus discípulos:
«Nem todo aquele que Me diz ‘Senhor, Senhor’
entrará no reino dos Céus,
mas só aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos Céus.
Todo aquele que ouve as minhas palavras
e as põe em prática
é como o homem prudente
que edificou a sua casa sobre a rocha.
Caiu a chuva, vieram as torrentes
e sopraram os ventos contra aquela casa;
mas ela não caiu, porque estava fundada sobre a rocha.
Mas todo aquele que ouve as minhas palavras
e não as põe em prática
é como o homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia.
Caiu a chuva, vieram as torrentes
e sopraram os ventos contra aquela casa;
ela desmoronou-se e foi grande a sua ruína». 

 

Pontos de oração

A vida é uma construção, vais-te construindo aos poucos. É muito importante tomar consciência dos materiais com que edificas a casa da tua vida, não vá ela desmoronar-se e cair em derrocada. 
De onde vem a solidez da tua vida? Que alicerces a fazem permanecer firmemente ancorada na fé?

Jesus diz que o homem prudente que edifica a casa sobre a rocha é aquele que ouve as suas palavras e as põe em prática. Podem vir chuvas violentas e soprar ventos fortes que ela se mantém inabalável. Escutar a Palavra e traduzi-la em obras concretas são duas dimensões inseparáveis da vida cristã.  

Santo Ambrósio, que hoje recordamos, é exemplo do cristão bem alicerçado em Cristo. Bispo de Milão, criou fundamentos sólidos que consolidaram a Igreja do século IV.
Ouve novamente o Evangelho e pensa como ajudas a consolidar a fé daqueles que vivem ao teu lado.

 

Colóquio final

A entrada no reino dos Céus é reservada para aqueles que fazem a vontade do Pai. À medida que a oração vai chegando ao fim, pede a graça de cruzares a tua vontade com a vontade de Deus. Exercita-te na arte do discernimento de quem afina as escolhas que faz a partir da vida de Jesus.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.