Quinta-feira, memória litúrgica de São Leão Magno

Hoje é dia dez de novembro, quinta-feira, memória litúrgica de São Leão Magno. 

De De Angelis, estás a escutar Bless the Lord O My Soul.

São Leão Magno, um Papa do século V, ficou conhecido por defender que Jesus Cristo era verdadeiro Deus e verdadeiro Homem e pelo zelo com que defendeu a Universalidade da Igreja. 
Agora que começas a tua oração, toma consciência de que não estás sozinho na tua relação com Deus e pertences à Igreja, ao corpo místico de Cristo. Recorda-te da multidão de santos e santas de Deus que por ti intercedem junto do Pai e agradece a vida destes homens e destas mulheres que deram a vida por Deus.
Assim, com o coração agradecido, vale a pena começares a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 17, 20-25]

Os fariseus perguntaram a Jesus
quando viria o reino de Deus
e Ele respondeu-lhes, dizendo:
«O reino de Deus não vem de maneira visível,
nem se dirá: ‘Está aqui ou ali’;
porque o reino de Deus está no meio de vós».
Depois disse aos seus discípulos:
«Dias virão em que desejareis ver um dia do Filho do homem
e não o vereis.
Hão de dizer-vos: ‘Está ali’, ou ‘Está aqui’.
Não queirais ir nem os sigais.
Pois assim como o relâmpago,
que faísca dum lado do horizonte e brilha até ao lado oposto, 
assim será o Filho do homem no seu dia.
Mas primeiro tem de sofrer muito
e ser rejeitado por esta geração». 

 

Pontos de oração

Que é para ti o reino de Deus? Como é que o imaginas ou desejas? Uma nova organização política, uma espécie de céu na terra, o fim de todos os males e egoísmo, e que vai acontecer com data marcada e num grande tribunal? Mas Jesus está a dizer-te que esse reino está contigo, no teu coração pobre e verdadeiro e em todas as relações de paz e de perdão. 

Há muitos falsos profetas que te oferecem a felicidade a troco de facilidades, de ambiguidades ou de medos que te escravizam. Pede discernimento para não ires atrás de enganos bem embrulhados. 

Ouve a voz de Jesus que te alerta para os enganos. Compreende que o preço do reino de Deus é a cruz. Isto é: está em morrermos para nós próprios e em dar a vida por amor à verdade e à justiça. “Primeiro Ele tem de sofrer e ser rejeitado.” E nós com Ele. 

 

Colóquio final

Para terminar a tua oração pede a graça de viveres em profunda comunhão com Cristo, em especial na eucaristia e, assim, saboreares desde já o viver no reino de Deus.  

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.