Quinto domingo da Páscoa.

Hoje a Igreja celebra o quinto domingo da Páscoa.

Cada dia, a oração é uma aventura. Nunca sabes de antemão o que vai acontecer. Podes não sentir nada, não dizer nada. Podes sentir que o Senhor não te escuta, sobretudo quando mais precisas d’Ele e mais esperas o seu auxílio. Podes sentir uma alegria intensa que te leva às lágrimas ou uma secura interior que quase não te deixa respirar... Na oração, só tens uma certeza: Deus está à tua espera e o seu desejo é ficar contigo. Agradece esta generosidade do Senhor... E começa assim a tua oração.

O que te deve causar espanto não é a maldade do homem, mas a bondade, a indulgência, a misericórdia de Deus para com todos os homens, sem exceção. Além do mais, ao escutares este salmo, descobrirás que a bondade de Deus se estende a todas as criaturas, a todo o mundo animal, vegetal e mineral.

[Sl 144, 8-13ab]

O Senhor é clemente e compassivo, paciente e cheio de bondade. O Senhor é bom para com todos, e a sua misericórdia se estende a todas as criaturas. Graças Vos deem, Senhor, todas as criaturas e bendigam-Vos os vossos fiéis. Proclamem a glória do vosso reino e anunciem os vossos feitos gloriosos. Para darem a conhecer aos homens o vosso poder, a glória e o esplendor do vosso reino. O vosso reino é um reino eterno, o vosso domínio estende-se por todas as gerações.

Diz-nos o Papa Francisco: “A criação pertence à ordem do amor. O amor de Deus é a razão fundamental de toda a criação. (…) cada criatura é objeto da ternura do Pai que lhe atribui um lugar no mundo. Até a vida efémera do ser mais insignificante é objeto do seu amor e, naqueles poucos segundos de existência, Ele envolve-o com o seu carinho”. Junta-te ao salmista e diz com ele: O Senhor é bom para com todos / e a sua misericórdia se estende a todas as criaturas.

O Salmista descreve o Senhor como clemente, compassivo, paciente, cheio de bondade e bom para com todos. E tu, que palavras de louvor e gratidão encontras no teu coração para falar do amor Deus por ti? Dá voz aos teus sentimentos pelo Senhor.

Ao escutares de novo o salmo reza por todos aqueles que ainda não saborearam o amor de Deus. Todos aqueles que ainda não fizeram a experiência da sua misericórdia. E acolhe o apelo missionário do salmista: Proclamem a glória do vosso reino / e anunciem os vossos feitos gloriosos.

Termina este tempo de oração dando graças a Deus pela sua bondade e misericórdia. Ao longo desta semana contempla a realidade a partir do olhar do salmista: O Senhor é bom para com todos / e a sua misericórdia se estende a todas as criaturas.

Pai nosso que estais nos céus santificado seja o vosso nome venha a nós o vosso Reino seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido e não nos deixeis cair em tentação mas livrai-nos do mal.