Segunda-feira da décima quarta semana do Tempo Comum

Hoje é dia dez de julho, segunda-feira da décima quarta semana do Tempo Comum.

Hoje, começa a tua oração
deixando ressoar, no teu coração,
estas palavras de Sophia de Mello Andresen:
«Senhor, como estás longe e oculto e presente! 
Oiço apenas o ressoar do teu silêncio que avança para mim
e a minha vida apenas toca a franja límpida da tua ausência. 
Fito em meu redor a solenidade das coisas
como quem tenta decifrar uma escrita difícil. 
Mas és Tu quem me lês e me conheces. 
Faz que nada do meu ser se esconda». 

 

Escuta esta passagem do Livro do Génesis [L1 Gen 28, 10-22a]

Naqueles dias, Jacob saiu de Bersabé e tomou o caminho de Harã.
Chegando a certo lugar quando o sol já se tinha posto,
resolveu passar ali a noite.
Tomou uma das pedras do local, colocou-a debaixo da cabeça
e deitou-se ali mesmo.
Teve então um sonho: Uma escada estava assente na terra
e a parte superior tocava o céu; por ela subiam e desciam Anjos de Deus.
No cimo da escada estava o Senhor, que lhe disse:
«Eu sou o Senhor, Deus de Abraão teu pai e Deus de Isaac.
Dar-te-ei, a ti e à tua descendência, a terra em que te encontras.
A tua descendência será tão numerosa como o pó da terra.
Estender-te-ás para o ocidente e para o oriente,
para o norte e para o sul, e, por ti e pela tua descendência,
serão abençoadas todas as famílias da terra.
Eu estou contigo: proteger-te-ei para onde quer que vás
e reconduzir-te-ei a esta terra.
Não te abandonarei,
enquanto não tiver realizado tudo o que te prometi».
Quando Jacob despertou do sono, disse:
«Realmente o Senhor está neste lugar e eu não o sabia».
Ele teve medo e disse: «Como é terrível este lugar!
É nada menos que a casa de Deus e a porta do Céu».
Jacob levantou-se de manhã cedo,
tomou a pedra que lhe servira de travesseiro,
ergueu-a como estela e derramou óleo por cima.
A este lugar deu o nome de Betel,
mas antes a cidade chamava-se Luza.
Jacob fez então este voto:
«Se Deus estiver comigo e me guardar nesta viagem que faço,
se me der pão para comer e roupa para vestir
e eu voltar são e salvo à casa paterna,
então o Senhor será o meu Deus
e esta pedra que eu ergui como estela será uma casa de Deus». 

 

Pontos de oração

Jacob sonhou com «uma escada apoiada na terra, cuja extremidade tocava o céu»… Aproveita este momento de oração como uma “escada” para te encontrares com Deus…  Ele deseja muito encontrar-se contigo!

O Senhor prometeu a Jacob o que ele mais desejava: uma terra, uma descendência numerosa e a bênção e proteção de Deus. 
E tu, que sonhas? Que desejas? 

Ouve de novo a leitura. Escuta estas palavras que são para ti: «Eu estou contigo: proteger-te-ei para onde quer que vás (…). Não te abandonarei, enquanto não tiver realizado tudo o que te prometi». 

 

Colóquio final

Quando acordou, Jacob reconheceu que estava na presença de Deus, o que lhe provocava um misto de medo e de espanto, de agradecimento e de louvor… 
E tu, tens medo de te encontrar com Deus em verdade, no silêncio? 
Ao terminar a tua oração, conversa com Deus sobre isto. 

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.