Segunda-feira da III semana da Quaresma

Hoje é dia vinte e nove de Fevereiro, segunda-feira da terceira semana da Quaresma.

Estás a escutar um tema das Goldeberg Variations de Johann Sebastian Bach, interpretado por Andreas Almqvist.

“O meu coração e a minha carne exultam no Deus vivo”. 
Estas palavras do salmista podem ajudar-te a encontrar a atitude certa
para estes minutos de oração. 
Deixa a tua inteligência, 
os teus sentimentos, 
a tua vontade alegrarem-se em Deus. 
Deixa o teu corpo participar também desta experiência: 
os teus músculos mais descontraídos, 
o teu rosto mais pacificado, 
os teus sentidos mais despertos para o que te rodeia, 
procurando em tudo a glória de Deus. 
E começa assim a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 4, 24-30]

Jesus veio a Nazaré
e falou ao povo na sinagoga, dizendo:
«Em verdade vos digo:
Nenhum profeta é bem recebido na sua terra.
Digo-vos a verdade:
Havia em Israel muitas viúvas no tempo do profeta Elias, 
quando o céu se fechou durante três anos e seis meses
e houve uma grande fome em toda a terra;
contudo, Elias não foi enviado a nenhuma delas,
mas a uma viúva de Sarepta, na região da Sidónia.
Havia em Israel muitos leprosos no tempo do profeta Eliseu; 
contudo, nenhum deles foi curado,
mas apenas o sírio Naamã».
Ao ouvirem estas palavras,
todos ficaram furiosos na sinagoga.
Levantaram-se, expulsaram Jesus da cidade
e levaram-No até ao cimo da colina
sobre a qual a cidade estava edificada,
a fim de O precipitarem dali abaixo.
Mas Jesus, passando pelo meio deles,
seguiu o seu caminho.

 

Pontos de Oração

Nenhum quadrado pode limitar o amor de Deus. Jesus vem alargar as fronteiras. Vem dizer que todo o estrangeiro é teu próximo. Todos estão convidados a entrar na história da salvação iniciada com o povo de Israel. 
Procura reconhecer se a intransigência ou o preconceito te levam a erguer barreiras que negam aos outros o dom da salvação.

Jesus lida bem com o fracasso. Não se deixa limitar por ele, segue o seu caminho. 
Os teus fracassos colocam-te numa atitude desconfiada diante de Deus? Segues o teu caminho ou precipitas-te no abismo da desistência?

Vais escutar de novo o Evangelho. Deixa-te interpelar pela liberdade com que Jesus vive esta situação.

 

Colóquio final

Agradece a Deus a gratuidade da salvação e pede-Lhe que esse enorme presente transborde nos teus pensamentos, palavras e gestos.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.