Segunda-feira, primeiro dia do Tempo do Natal

Hoje é dia 17 de dezembro, segunda-feira, primeiro dia da novena do Natal.

Hoje começa a novena de Natal. Nestes dias de preparação próxima para o nascimento do Filho de Deus, vais ser auxiliado na tua oração pelos textos de Dom Nuno Almeida, bispo auxiliar de Braga.
Não estranhes que a proposta de oração, nestes dias, seja diferente do habitual.
Estes dias também são diferentes, únicos na expectativa, de uma beleza suave e terna que não deves deixar passar em claro.
Começamos a novena no dia em que o Papa Francisco celebra oitenta e dois anos de vida. Agradece ao Senhor a vida e o ministério de Francisco na Igreja, como sucessor de Pedro... e começa assim a tua oração.

Escuta esta passagem do Livro do Génesis. [L1 Gn 49, 2.8-10]

Jacob chamou os seus filhos e disse-lhes:
«Reuni-vos e escutai, filhos de Jacob.
escutai Israel, vosso pai.
Judá, os teus irmãos hão de louvar-te,
a tua mão pesará sobre a cabeça dos teus inimigos
e os filhos de teu pai hão de inclinar-se diante de ti.
Judá, tu és um leão novo:
voltaste, meu filho, com a tua presa.
Ele dobra o joelho e deita-se como o leão,
ou como a leoa: quem o fará levantar-se?
O cetro não se afastará de Judá,
nem o bastão de comando de entre os seus pés,
até que venha Aquele a quem pertence
e a quem os povos hão de obedecer».

As relações humanas nascem e crescem na medida em que te empenhas em escutar com amor, disponibilidade e compreensão.
Escutar com amor não é sinónimo de dizer sim a tudo e deixar de colocar limites.
Significa dar aos filhos, amigos, colegas, cônjuges, pais, avós… tempo e espaço para serem ouvidos, não somente nas palavras que dizem, mas prestando atenção às emoções e às urgências que exprimem.
Sentar-se para ouvir já não é atitude muito corrente na nossa cultura. Quantas pessoas dedicam ainda tempo para escutar? Quanto tempo dedicas a escutar?

Talvez a tua vida esteja cheia de barulhos internos e externos que não te permitem fazer silêncio para escutar o teu interior, ali onde Deus fala.
Há quanto tempo não fazes silêncio para que Deus te possa falar e dar resposta às tuas inquietações mais profundas? Há quanto tempo não arranjas espaço e tempo para rezar mais demoradamente, mesmo quando tens tempo para tantas outras coisas que não são tão importantes? Há quanto tempo a vida te vai conduzindo sem que sejas tu a conduzi-la, por falta de tempo para discernir?

Hoje, procura fazer pequenos silêncios. Pode ser no carro, a caminho do trabalho, em frente ao computador, antes de começar a trabalhar, antes de adormecer, já com os olhos fechados. E permite que Deus te fale e toque o coração.

Senhor, agradeço-Te porque me chamas à tua presença
para ouvir a tua Palavra que me revela o teu amor
e me faz conhecer a tua vontade.
Manda calar toda e qualquer outra voz que não seja a tua.
Não quero que fiques triste, Senhor,
por eu ler a tua Palavra e não A acolher,
por meditá-la sem A amar,
rezar com ela mas não A guardar,
contemplá-la mas não A viver!

Envia o teu Espírito para que abra a minha inteligência e sare o meu coração.
Só assim, Senhor, o meu encontro com a tua Palavra se tornará uma verdadeira renovação da Aliança e comunhão contigo, o Filho e o Espírito Santo.