Segunda-feira do Tempo do Natal depois da Epifania

Hoje é dia sete de janeiro, segunda-feira do tempo do Natal.

A oração é quase sempre uma luta.
Lutas contigo,
pois desejas estar com o Senhor e vês-te a divagar por outros assuntos,
tantas vezes fúteis...
Lutas com o teu corpo
porque desejas ficar tranquilo e depressa te sentes incomodado
pelas muitas pequenas sensações que te distraem...
Lutas com o Senhor,
porque desejas isto e aquilo
e sentes que o Senhor está a levar-te por outros caminhos...
Sem angústia,
procura pacificar o teu coração, entregando tudo ao Senhor...
e começa assim a tua oração.

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Mateus. [Ev Mt 4, 12-17.23-25]

Quando Jesus ouviu dizer que João Batista fora preso,
retirou-Se para a Galileia.
Deixou Nazaré e foi habitar em Cafarnaum,
terra à beira-mar, no território de Zabulão e Neftali.
Assim se cumpria o que o profeta Isaías anunciara, ao dizer:
«Terra de Zabulão e terra de Neftali,
estrada do mar, além do Jordão, Galileia dos gentios:
o povo que vivia nas trevas viu uma grande luz;
para aqueles que habitavam na sombria região da morte
uma luz se levantou».
Desde então, Jesus começou a pregar:
«Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos Céus».
Depois percorria toda a Galileia,
ensinando nas sinagogas,
proclamando o Evangelho do Reino
e curando todas as doenças e enfermidades entre o povo.
A sua fama propagou-se por toda a Síria:
traziam-Lhe todos os que estavam doentes,
atingidos de diversos males e sofrimentos,
possessos, epiléticos e paralíticos,
e Jesus curava-os.
Seguiram-No grandes multidões,
que tinham vindo da Galileia e da Decápole,
de Jerusalém, da Judeia e de Além-Jordão.

Jesus começa a realizar a sua missão evangelizadora na Galileia dos gentios. É um território onde se sente menos perseguido, mas sobretudo, devido à sua escolha deliberada pelos “gentios”, os marginalizados que vivem na periferia.

O anúncio do Evangelho e o apelo à conversão incluem-se mutuamente. É o Espírito Santo quem te converte para poderes anunciar, como Jesus, a salvação, a justiça, a paz, curando entre o povo todas as enfermidades.

Muito mais do que um facho ardente que levas na mão, és tu, em pessoa, a luz que se levanta, hoje, à maneira de Jesus. Com o teu exemplo, iluminas e aqueces, confortas, educas quem vive contigo? Vais ao encontro dos que estão fora?

Não deixes a conversão só para a Quaresma. Pede ao Senhor que te converta.
Prepara, examina a tua consciência. Identifica o mal de que sofres, a doença crónica da alma. Recorre ao sacramento da reconciliação, o abraço do Pai.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.