Segunda-feira da primeira semana do Tempo Comum

Hoje é dia catorze de janeiro, segunda-feira da primeira semana do tempo comum.

Deus é uma presença constante na vida de quem reza:
umas vezes mais intensa,
outras vezes apenas na periferia da memória... mas sempre lá.
É uma presença discreta,
nunca agressiva nem intrometida...
uma presença feita de pequenos nadas que, todos juntos,
são capazes de transformar a vida de quem reza.
Hoje, procura tomar consciência da presença de Deus na tua vida.
Diz ao Senhor:
«A tua mão me serve de amparo»... e começa assim a tua oração.

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Marcos. [Ev Mc 1, 14-20]

Depois de João ter sido preso,
Jesus partiu para a Galileia
e começou a proclamar o Evangelho de Deus, dizendo:
«Cumpriu-se o tempo e está próximo o reino de Deus.
Arrependei-vos e acreditai no Evangelho».
Caminhando junto ao mar da Galileia,
viu Simão e seu irmão André,
que lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores.
Disse-lhes Jesus:
«Vinde comigo
e farei de vós pescadores de homens».
Eles deixaram logo as redes e seguiram Jesus.
Um pouco mais adiante,
viu Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João,
que estavam no barco a consertar as redes;
e chamou-os.
Eles deixaram logo seu pai Zebedeu no barco com os assalariados
e seguiram Jesus.

Jesus inicia a sua pregação e proclama que é urgente o arrependimento, a mudança de vida e que é preciso acreditar no Evangelho, a boa nova do reino de Deus.
Estás disponível para pedir a graça do arrependimento? Sentes necessidade de te converteres e mudares a orientação da tua vida? Desejas de verdade acreditar no Evangelho que converte e salva?

Jesus convidou alguns pescadores a segui-Lo: “Vinde comigo”. Eles deixaram tudo e seguiram-No.
Dá graças pelo caminho já feito com o Senhor. Tenta identificar aquilo que te pode impedir de ires mais longe.

Escuta novamente o Evangelho, acolhe com toda a alma e todo o coração os apelos de Jesus e pede-Lhe a graça de os colocares em prática.

Na intimidade com Jesus, pede-Lhe a graça de te deixares converter para O seguires com mais generosidade.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.