Segunda-feira da quinta semana da quaresma

Hoje é dia oito de abril, segunda-feira da quinta semana da quaresma.

“A bondade e a graça hão de acompanhar-me todos os dias da minha vida...”. Eis a certeza do salmista que reconhece a presença da Deus na sua vida. Podes fazer o mesmo na tua oração, recusando a tentação de dizer: “O Senhor abandonou-me, já não quer saber de mim”. Na verdade, o Senhor nunca está longe de ti. Ele habita sempre no mais profundo do teu coração e a bondade e a graça acompanham-te todos os dias da tua vida. Com esta certeza, dá início à tua oração.

Escuta esta passagem do salmo vinte e dois. [L Sl 22 (23), 1-2a.2b-3.5-6]

O Senhor é meu pastor: nada me falta. Leva-me a descansar em verdes prados, conduz-me às águas refrescantes e reconforta a minha alma. Ele me guia por sendas direitas, por amor do seu nome. Ainda que tenha de andar por vales tenebrosos não temerei nenhum mal, porque Vós estais comigo. Para mim preparais a mesa à vista dos meus adversários; com óleo me perfumais a cabeça e o meu cálice transborda. A bondade e a graça hão de acompanhar-me todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor para todo o sempre.

Pontos de oração

«Ainda que tenha de andar por vales tenebrosos não temerei nenhum mal, porque Vós estais comigo», diz o Salmo. A verdade, porém, é que temos medo de muitas coisas. Mas também é verdade que Deus está connosco. Imagina dois níveis: o mar revolto à superfície e sereno lá no fundo. Assim podemos ser nós: embora agitados, estamos conscientes da presença de Deus no nosso interior, apelando à nossa serenidade e à nossa fé. À tua serenidade e à tua fé.

O salmo também diz que, como o Senhor é teu pastor, nada te falta. Mas talvez sintas falta de várias coisas... O salmo, porém, não se refere a coisas materiais, refere-se à plenitude da tua vida, porque é Deus que enche a tua vida. Podes ter a tua vida cheia de bens materiais e sentir um vazio imenso. Podes ter poucos bens e ter uma vida muito cheia, porque Deus ocupa o centro. Já experimentaste como só Deus enche a tua vida?

Escuta o Salmo de novo. Diz com o salmista que não te falta nada porque o Senhor está contigo. Que o Senhor reconforta a tua alma e não temerás nenhum mal, ainda que tenhas de andar por vales tenebrosos.

o final desta oração, fala com Deus sobre uma ou várias coisas em que precisas que Ele imponha a sua serenidade. Tens dificuldade em sentir a serenidade de Deus quando estás aflito? Em sentir que Deus te protege nessas alturas? Porque não falas a Deus sobre isso?

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.