Segunda feira da quinta semana do Tempo Pascal

Hoje é dia trinta de abril, segunda feira da quinta semana do Tempo Pascal.

De Cristóbal Fones, estás a escutar Escojo la vida.

Diz-nos o primeiro livro dos Reis
que o rei Salomão, diante do templo de Jerusalém,
pronunciou esta prece:
«Os vossos olhos estejam abertos, Senhor,
dia e noite, sobre esta casa,
sobre este lugar do qual dissestes:
‘Aí estará o meu nome’».
A oração surge-nos como uma pedagogia do espaço, 
uma escola onde aprendemos a habitar
a nossa casa e a nossa vida
na presença do Senhor.
Abre os sentidos do teu coração
como as portas e as janelas do teu quarto mais íntimo;
e começa assim a tua oração.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São João. [Ev Jo 14, 21-26]

Disse Jesus aos seus discípulos:
«Se alguém aceita os meus mandamentos e os cumpre,
esse realmente Me ama.
E quem Me ama será amado por meu Pai
e Eu amá-lo-ei e manifestar-Me-ei a ele».
Disse-Lhe Judas, não o Iscariotes:
«Senhor, como é que Te vais manifestar a nós
e não ao mundo?»
Jesus respondeu-lhe:
«Quem Me ama guardará a minha palavra
e meu Pai o amará;
Nós viremos a ele
e faremos nele a nossa morada.
Quem Me não ama não guarda a minha palavra.
Ora a palavra que ouvis não é minha,
mas do Pai que Me enviou.
Disse-vos estas coisas, enquanto estava convosco.
Mas o Paráclito, o Espírito Santo,
que o Pai enviará em meu nome,
vos ensinará todas as coisas
e vos recordará tudo o que Eu vos disse». 

 

Jesus junta o amor e a exigência de forma perfeita. Ele quer o teu coração, porque quer morar em ti com o Pai, e quer que aceites e cumpras os mandamentos, mesmo os que parecem difíceis, porque são o caminho para seres feliz.

Para Jesus, todos são prediletos. Ainda que tenha tido só alguns apóstolos e discípulos, todo aquele que se abrir a Deus receberá a Trindade em plenitude. É por isso que não deves ter medo de te abrir totalmente à generosidade do teu Senhor.

Maria foi morada de Deus enquanto Jesus Se formava no seu seio. Tu és morada de Deus se amas a Deus e guardas a sua palavra. Está nas tuas mãos.

És morada de Deus uno e trino. Quando pensas nisso devagar sentes perplexidade e com razão. Mas é a pura verdade: tu és morada de Deus. 

 

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.