Segunda-feira da terceira semana do tempo comum

Hoje é dia vinte e três de Janeiro, segunda-feira da terceira semana do tempo comum. 

De Dmitry Krasnoukhov estás a escutar Picture of Happiness

O verdadeiro amor não está preocupado consigo mesmo. Pode parecer-te estranho, mas quem se ama verdadeiramente a si mesmo, ama também todos os outros ao seu lado. O amor tira-nos do centro, dando espaço ao outro. O amor, que no íntimo do teu coração te chama e desafia, leva-te a uma vida libertadora, profunda e intensa que te conduz a amar deixando o outro livre para poder amar outros mais do que a ti. 
Pede ao Senhor que te ensine a amar. 
Assim, vale a pena começares a tua oração. 

 

Escuta esta passagem da Epístola aos Hebreus. [Hebr 9, 15.24-28]

Cristo é mediador de uma nova aliança,
para que, 
intervindo a sua morte para remissão das transgressões
cometidas durante a primeira aliança,
os que são chamados recebam a herança eterna prometida. 
Cristo não entrou num santuário feito por mãos humanas,  
figura do verdadeiro,
mas no próprio Céu,
para Se apresentar agora na presença de Deus em nosso favor. 
E não entrou para Se oferecer muitas vezes,
como o sumo sacerdote que entra cada ano no Santuário,
com sangue alheio;
nesse caso, Cristo deveria ter padecido muitas vezes,
desde o princípio do mundo.
Mas Ele manifestou-Se uma só vez, na plenitude dos tempos, 
para destruir o pecado pelo sacrifício de Si mesmo.
E, como está determinado que os homens morram uma só vez
e a seguir haja o julgamento,
assim também Cristo, depois de Se ter oferecido uma só vez
para tomar sobre Si os pecados da multidão,
aparecerá segunda vez, sem a aparência do pecado,
para dar a salvação àqueles que O esperam.

 

Pontos de oração

Jesus incarnou, viveu e morreu por ti, para te salvar. Encontrado o seu amor, encontras-te a ti mesmo… 
Comoves-te ao tomares consciência da grandeza dos gestos de Jesus? Ou já se tornaram um lugar comum, algo que dás por garantido?

Jesus entrega-Se por ti, sem que tenhas feito nada para o merecer. Não deixes que os teus escrúpulos ou as tuas infidelidades te impeçam de crescer na relação com Jesus e de acolher o seu perdão e misericórdia.
No sacramento da reconciliação encontras sempre a possibilidade de um recomeço. Será que está na hora de procurares de novo um sacerdote, a fim de poderes acolher plenamente o amor de Jesus por ti?

Ao escutares de novo as palavras da carta aos Hebreus, toma consciência de que és testemunha desta Boa Nova no mundo.

 

Colóquio final

Termina a tua oração pedindo ao Senhor luz para viveres mais sintonizado com o modo de proceder de Jesus. Poderás, assim, perceber de modo concreto o que em ti pode mudar. Não deixes para mais logo, nem para amanhã... Arregaça as mangas e procura ser o melhor de ti próprio.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.