Segunda-feira da trigésima segunda semana do Tempo Comum

Hoje é dia treze de novembro, segunda-feira da trigésima segunda semana do Tempo Comum.

Hoje, começa a tua oração
com estas palavras do salmo 138, plenas de confiança filial:
«Senhor, vós conheceis o íntimo do meu ser:
sabeis quando me sento e quando me levanto.
De longe penetrais o meu pensamento:
Vós me vedes quando caminho e quando descanso,
Vós observais todos os meus passos.
Por todos os lados me envolveis
e sobre mim pondes a vossa mão.
Prodigiosa ciência, que não posso compreender,
tão sublime que a não posso alcançar!»

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 17, 1-6]

Disse Jesus aos seus discípulos:
«É inevitável que haja escândalos;
mas ai daquele que os provoca.
Melhor seria para ele
que lhe atassem ao pescoço uma mó de moinho
e o atirassem ao mar,
do que ser ocasião de pecado para um só destes pequeninos.
Tende cuidado.
Se teu irmão cometer uma ofensa, repreende-o,
e, se ele se arrepender, perdoa-lhe.
Se te ofender sete vezes num dia
e sete vezes vier ter contigo e te disser: ‘Estou arrependido’,
tu lhe perdoarás».
Os Apóstolos disseram ao Senhor:
«Aumenta a nossa fé».
O Senhor respondeu:
«Se tivésseis fé como um grão de mostarda,
diríeis a esta amoreira:
‘Arranca-te daí e vai plantar-te no mar’,
e ela vos obedeceria». 

 

Pontos de oração

A palavra escândalo tem como raiz bíblica “ser pedra de tropeço”. Que não sejas pedra de tropeço, escandalizando os pequeninos! Mas quem são estes pequeninos? Em sentido literal, as crianças, a quem a sociedade quase não reconhecia direitos. E também aqueles que jazem à porta dos ricos, permanecendo estes indiferentes. 
Terás sido, em alguma circunstância, causa de escândalo dos pequeninos?

Jesus exorta ao perdão. Há que chamar o outro à razão – e ao coração – quando ofende. Só depois, caso se mostre verdadeiramente arrependido, pode ser perdoado. Mas há que ir ainda mais longe, e estar disposto a oferecer-lhe sucessivamente o perdão. 
Determinante no perdão não é tanto o número de vezes que te dispões a perdoar, mas a atitude interior com que o fazes. Como tens posto em prática o perdão? 

A fé não se mede em termos de quantidade: ou se tem ou não se tem; ou estás dentro duma relação de confiança com o Senhor ou estás fora. E se cultivas esta familiaridade com o Senhor, não conheces impossíveis.
Escuta mais uma vez o Evangelho.

 

Colóquio final

Entrega realmente o teu coração ao Senhor e que o teu modo de estar na vida testemunhe que és d’Ele.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.