Segunda-feira, festa litúrgica de São Marcos, Evangelista

Hoje é dia vinte e cinco de abril, segunda-feira, festa litúrgica de São Marcos, Evangelista. 

De Orlande de Lassus, estás a escutar O Regem Coeli.

São Marcos é um dos quatro Evangelistas. Embora não tenha sido um dos apóstolos de Jesus, conhecia São Paulo e São Pedro, de quem recebeu não só informações sobre quem era Jesus, mas sobretudo o amor que estes dois homens tinham pelo Senhor. 
É de amor que falam os Evangelhos!
Para escutares verdadeiramente o amor que brota do Evangelho pede ao Senhor que te dê um coração pacificado e centrado n’Ele. 
Assim, vale a pena começares a tua oração.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Marcos. [Mc 16, 15-20]

Jesus apareceu aos onze Apóstolos e disse-lhes:
«Ide por todo o mundo
e pregai o Evangelho a toda a criatura.
Quem acreditar e for batizado será salvo;
mas quem não acreditar será condenado.
Eis os milagres que acompanharão os que acreditarem:
expulsarão os demónios em meu nome;
falarão novas línguas;
se pegarem em serpentes ou beberem veneno,
não sofrerão nenhum mal;
e quando impuserem as mãos sobre os doentes, 
eles ficarão curados».
E assim o Senhor Jesus, depois de ter falado com eles,
foi elevado ao Céu e sentou-Se à direita de Deus.
Eles partiram a pregar por toda a parte
e o Senhor cooperava com eles,
confirmando a sua palavra
com os milagres que a acompanhavam.

 

Pontos de oração

Tal como fez com os apóstolos após a sua morte, hoje Jesus envia-te a seres sua testemunha no mundo. 
Aceitas esta missão? Colocas reservas ou limites aos desafios do Senhor?

Vais descobrindo como podes colocar em prática a missão que o Senhor te confia à medida que vais andando e te vais dando àqueles que te rodeiam, com generosidade e alegria. Não procures saber e controlar tudo. 
Confias no Senhor? 
Deixa que esta pergunta ecoe em ti e não lhe dês uma resposta fácil.

Toma consciência de que hoje são estas as palavras que o Senhor te dirige e é através delas que te quer dizer alguma coisa. 

 

Colóquio final

Ao terminares a tua oração, reza pelos cristãos perseguidos por causa da sua fé e deixa que o seu exemplo te inspire a seres mais fiel e a viveres mais confiado no amor que o Senhor tem por ti. 

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.