Segunda-feira, memória litúrgica de São Basílio e São Gregório Nazianzeno

Hoje é dia dois de janeiro, segunda-feira, memória litúrgica de São Basílio e São Gregório Nazianzeno. 

De William McKie estás a escutar We wait for thy loving-kindness, o God.

Diz São Basílio que é próprio do cristão vigiar a cada dia e a cada hora. Ele sabe que sem a oração o nosso coração perde o seu norte, fica desorientado. Vigiar, significa prestar atenção àquilo que se passa no coração; e rezando levas a tua intimidade à presença de Deus. Vigiar significa entregar ao Senhor os teus pensamentos e sentimentos, confiando que Ele te guia e nunca te abandona. Confia! 
Assim, vale a pena começares a tua oração.   

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São João. [Ev Jo 1, 19-28]

Foi este o testemunho de João Batista,
quando os judeus lhe enviaram de Jerusalém
sacerdotes e levitas para lhe perguntarem:
«Quem és tu?»
Ele confessou e não negou:
«Eu não sou o Messias».
Eles perguntaram-lhe:
«Então, quem és tu? És Elias?»
«Não sou», respondeu ele.
«És o Profeta?»
Ele respondeu: «Não».
Disseram-lhe então: «Quem és tu?
Para podermos dar uma resposta àqueles que nos enviaram, que dizes de ti mesmo?»
Ele declarou:
«Eu sou a voz que clama no deserto:
‘Endireitai o caminho do Senhor’,
como disse o profeta Isaías».
Entre os enviados havia fariseus que lhe perguntaram: 
«Então porque batizas, se não és o Messias, nem Elias, nem o Profeta?»
João respondeu-lhes:
«Eu batizo na água; mas no meio de vós está Alguém que não conheceis:
Aquele que vem depois de mim,
a quem eu não sou digno de desatar a correia das sandálias». 
Tudo isto se passou em Betânia, além do Jordão,
onde João estava a batizar.

 

Pontos de oração

No Evangelho de hoje, João Batista apresenta-se como quem prepara os caminhos daquele que há de vir. E o que diz Ele? Como te podes preparar para receber aquele que há de vir, isto é, o Senhor? Diz João: endireitando a vida. 

Hoje, apresenta-te ao Senhor. Mostra-te a Ele. Toma consciência da tua missão, dizendo a Deus que aceitas a sua missão para ti. Quem és tu para o Senhor? 

Escuta novamente o Evangelho. Imagina quem são os judeus que vieram de Jerusalém e estão à conversa com João Batista. O que fazem? O que dizem? 

 

Colóquio final

No final desta oração, expressa a Jesus a tua vontade de saberes bem quem és perante Deus, de saberes bem qual é a tua missão neste momento.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.