Sexta-feira da décima oitava semana do tempo comum

Hoje é dia cinco de agosto, sexta-feira da décima oitava semana do tempo comum. 

Coloca-te diante do Senhor como és. 
Deixa as tuas certezas ... despe-te das tuas defesas. 
Deixa-te encontrar na tua simplicidade. 
É a ti, com as tuas fragilidades e as tuas forças, que Deus ama. Não Lhe escondas o teu coração. 
Mostra-te como és e deixa que Ele venha e faça a sua morada dentro de ti. 
Assim, vale a pena começares a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Mateus. [Ev Mt 16, 24-28]

Disse Jesus aos seus discípulos:
«Se alguém quiser seguir-Me, renuncie a si mesmo,
tome a sua cruz e siga-Me.
Pois quem quiser salvar a sua vida há-de perdê-la;
mas quem perder a sua vida por minha causa,
há-de encontrá-la.
Na verdade, que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, 
se perder a sua vida?
Que poderá dar o homem em troca da sua vida?
O Filho do homem há-de vir na glória de seu Pai,
com os seus Anjos,
e então dará a cada um segundo as suas obras.
Em verdade vos digo:
Alguns dos que estão aqui presentes não morrerão,
antes de verem chegar o Filho do homem
na glória do seu reino».

 

Pontos de oração

“Se alguém quiser seguir-Me”… esta liberdade tão incrível que o Senhor dá… sempre a propor soluções de vida e principalmente sempre a propor-Se a Si próprio para te conduzir à Felicidade, ao Amor e à Plenitude da Vida! Ele sabe que segui-Lo é também acolher com amor as cruzes e as mortes que vão surgindo pelo caminho. 
“Se quiseres seguir-Me”… Que respondes? Queres? 

Jesus vai mais longe e explica bem claro: se queres salvar a tua vida sem abraçar as cruzes do dia a dia, ou sem renunciares e morreres para o que tens a mais, ou para o que está errado na tua vida, perdê-la-ás. 

Vais ouvir de novo a Boa Nova, uma Boa Nova que te aparece com renúncias, mortes… estranho, parece uma contradição. Convida o Senhor a mergulhar contigo no teu coração, e faz com Ele a avaliação daquilo a que Ele te pede que renuncies na tua vida.

 

Colóquio final

“Ganhar a vida”, “perder a vida”, “renunciar”, “morte”... estas são palavras fortes que te aparecem na oração de hoje. 
Conversa com o Senhor sobre a tua realidade para Lhe responderes: “Sim, quero a morte a tudo aquilo que me afasta da tua Glória”. Ou então: “Não Te quero seguir, prefiro continuar como estou”. A escolha é tua. O Senhor aceita a tua decisão. E ama-te sempre.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.