Sexta-feira da décima terceira semana do tempo comum

Hoje é dia sete de julho, sexta-feira da décima terceira semana do tempo comum.

A oração dá-te as mãos ao mistério de Jesus, 
ela é um caminho de atração, de beleza e de fascínio.
Hoje, permite que o louvor ocupe os teus lábios,
e canta a beleza do Senhor com este hino de Santo Agostinho:
«Ele é belo no céu e belo na terra:
belo no seio materno e belo nas mãos de seus pais;
belo nos seus milagres e belo ao ser torturado;
belo quando convida à vida, e belo quando não lhe importa a morte;
belo quando entrega a sua vida, e belo ao retomá-la de novo;
belo na cruz; belo no sepulcro; belo no céu.»

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Mateus. [Ev Mt 9, 9-13] 

Jesus ia a passar,
quando viu um homem chamado Mateus,
sentado no posto de cobrança dos impostos,
e disse-lhe: «Segue-Me».
Ele levantou-se e seguiu Jesus.
Um dia em que Jesus estava à mesa em casa de Mateus,
muitos publicanos e pecadores
vieram sentar-se com Ele e os seus discípulos.
Vendo isto, os fariseus diziam aos discípulos:
«Por que motivo é que o vosso Mestre
come com os publicanos e os pecadores?».
Jesus ouviu-os e respondeu:
«Não são os que têm saúde que precisam do médico,
mas sim os doentes.
Ide aprender o que significa: ‘Prefiro a misericórdia ao sacrifício’.
Porque Eu não vim chamar os justos,
mas os pecadores». 

 

Pontos de oração

Acabaste de ouvir o chamamento de Mateus, uma narração muitas vezes associada a grandes decisões tomadas com Jesus e por Ele. Há, no entanto, algo que geralmente escapa: «muitos pecadores vieram sentar-se com Jesus». 
Como estes desconhecidos, alguma vez desejaste ou procuraste discretamente aproximar-te de Jesus?

Jesus diz que os doentes precisam de médico. Mas a iniciativa raramente é do médico: é o doente, ou quem se preocupa com ele, que vai ao médico ou o chama. 
Sentes alguma necessidade de Jesus? Preocupas-te com alguém e desejas para essa pessoa a misericórdia de Jesus?

Ouve outra vez o Evangelho e presta atenção à última frase: «vim chamar os pecadores». O que quererá Jesus dos pecadores? Por que será que os chama para se sentarem à mesa com Ele?

 

Colóquio final

No fim da tua oração, responde a Jesus, que veio chamar-te também a ti. Talvez para algo vistoso, como Mateus, talvez para uma companhia discreta, como os pecadores que se sentaram à mesa com Ele. O que Lhe dizes? Como o dizes? Como lhe podes responder na prática? 

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.