Sexta-feira da primeira semana da Quaresma

Hoje é dia dez de março, sexta-feira da primeira semana da Quaresma.

De Yumi Kurosawa estás a escutar Rapture Movement

A oração caminha unida a par e passo com a nossa vida.
“Se me colhe a tempestade
e Jesus vai a dormir na minha barca,
nada temo, porque a Paz está comigo”.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Mateus. [Ev Mt 5, 20-26] 

Disse Jesus aos seus discípulos:
«Se a vossa justiça não superar a dos escribas e fariseus,
não entrareis no reino dos Céus.
Ouvistes que foi dito aos antigos:
‘Não matarás; quem matar será submetido a julgamento’.
Eu, porém, digo-vos:
Todo aquele que se irar contra o seu irmão
será submetido a julgamento.
Quem chamar imbecil a seu irmão
será submetido ao Sinédrio,
e quem lhe chamar louco
será submetido à geena de fogo.
Portanto, se fores apresentar a tua oferta sobre o altar
e ali te recordares que o teu irmão tem alguma coisa contra ti,
deixa lá a tua oferta diante do altar,
vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão
e vem depois apresentar a tua oferta.
Reconcilia-te com o teu adversário,
enquanto vais com ele a caminho,
não seja caso que te entregue ao juiz,
o juiz ao guarda, e sejas metido na prisão.
Em verdade te digo:
Não sairás de lá, enquanto não pagares o último centavo». 

 

Pontos de oração

Olha para quem vive ou trabalha à tua volta. O que diz de ti a relação que tens com essas pessoas? Há algo de que te possam acusar? Há alguma ‘pedra no sapato’ que te roube a paz nalguma relação particular? Olha para isso com honestidade.

Mostras o teu amor a Deus na medida em que amas os teus irmãos. Portanto, se queres ser grande aos olhos de Deus, sê grande no amor. Eleva os teus padrões. Sonha mais alto. Para onde queres apontar? O que poderias mudar agora na tua vida para o alcançar?

Vais ouvir de novo o Evangelho: repara como a linguagem de Jesus é acutilante. Tenta perceber qual a preocupação que O leva a dizer o que diz.

 

Colóquio final

Pede ao Senhor que não te deixe de consciência adormecida: que te desperte as vezes que for necessário para te colocares no caminho reto.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.