Sexta-feira da segunda semana do Tempo Comum

Hoje é dia dezanove de janeiro, sexta-feira da segunda semana do Tempo Comum.

Como corresponder de modo limitado
a um Amor revelado sem medida?
Hoje, pede ao Senhor a graça de um amor livre e inteiro,
e começa a tua oração com esta prece
da escritora norte-americana Flannery O’Connor:
«Não quero estar condenada à mediocridade
nos meus sentimentos em relação a Cristo.
Quero sentir. Quero amar.
Acolhe-me, meu Senhor, e encaminha-me
na direção que deverei tomar».

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Marcos. [Ev Mc 3, 13-19] 

Jesus subiu a um monte.
Chamou à sua presença aqueles que entendeu
e eles aproximaram-se.
Escolheu doze, para andarem com Ele
e para os enviar a pregar,
com poder de expulsar demónios.
Escolheu estes doze:
Simão, a quem pôs o nome de Pedro;
Tiago, filho de Zebedeu, e João, irmão de Tiago,
aos quais pôs o nome de Boanerges, isto é, «Filhos do trovão»;
André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé,
Tiago de Alfeu, Tadeu, Simão o Cananeu
e Judas Iscariotes, que depois O traiu. 

 

Pontos de oração

Hoje, Jesus chama, escolhe e envia-te a ti! Estes três verbos descrevem um só movimento que te reposiciona face à vida, porque te coloca sempre em saída de ti e das tuas zonas de conforto. Tens uma missão, a missão de Jesus! E repara bem neste ponto: não é a tua missão, é a missão que Jesus te confia. Talvez resida aí o segredo para a viveres de modo mais livre e entregue. 

Traz à memória todos aqueles com quem partilhas a missão que o Senhor te confia. São os teus companheiros! Agradece ao Senhor por eles, pelas suas vidas e pela forma como, contigo, vão procurando construir o reino de Deus já neste mundo. 

Ao escutares de novo o chamamento dos Doze, foca a tua atenção no que terá sentido cada um dos discípulos ao ser chamado. Acolhe a riqueza da diversidade.

 

Colóquio final

Agradece ao Senhor porque te escolheu e te trouxe à vida. Agradece-Lhe porque permanece sempre contigo. Leva para o teu quotidiano esta gratidão e procura espalhá-la um pouco por toda a parte.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.