Sexta-feira da segunda semana do tempo pascal

Hoje é dia oito de Abril, sexta-feira da segunda semana do tempo pascal.

De Joann Sebastian Bach estás a escutar Prelúdio em Sol maior. 

Vais começar a tua oração e o lugar onde estás torna-se sagrado. 
Não importa muito se é numa rua, 
num transporte público, 
a caminhar, 
ou no sossego da tua casa... 
Importante é que te apresentes ao Senhor como és, 
com os teus pecados e as tuas virtudes, 
na humildade de quem sabe que, sem o Senhor, nada pode de bom. 
Deixa o Senhor vir ao teu encontro... 
e começa assim a tua oração.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São João. [Ev Jo 6, 1-15]

Jesus partiu para o outro lado do mar da Galileia,
também chamado de Tiberíades.
Seguia-O numerosa multidão,
por ver os milagres que Ele realizava nos doentes.
Jesus subiu a um monte e sentou-Se aí com os seus discípulos.
Estava próxima a Páscoa, a festa dos judeus.
Erguendo os olhos
e vendo que uma grande multidão vinha ao seu encontro,
Jesus disse a Filipe:
«Onde havemos de comprar pão para lhes dar de comer?»
Dizia isto para o experimentar, pois Ele bem sabia o que ia fazer.
Respondeu-Lhe Filipe:
«Duzentos denários de pão não chegam para dar um bocadinho a cada um».
Disse-Lhe um dos discípulos, André, irmão de Simão Pedro:
«Está aqui um rapazito que tem cinco pães de cevada e dois peixes.
Mas que é isso para tanta gente?»
Jesus respondeu: «Mandai-os sentar». 
Havia muita erva naquele lugar
e os homens sentaram-se em número de uns cinco mil.
Então, Jesus tomou os pães, deu graças
e distribuiu-os aos que estavam sentados,
fazendo o mesmo com os peixes; e comeram quanto quiseram.
Quando ficaram saciados, Jesus disse aos discípulos:
«Recolhei os bocados que sobraram, para que nada se perca».
Recolheram-nos e encheram doze cestos
com os bocados dos cinco pães de cevada
que sobraram aos que tinham comido.
Quando viram o milagre que Jesus fizera,
aqueles homens começaram a dizer:
«Este é, na verdade, o Profeta que estava para vir ao mundo».
Mas Jesus, sabendo que viriam buscá-Lo para O fazerem rei,
retirou-Se novamente, sozinho, para o monte.

 

Pontos de oração

Uma multidão numerosa seguia Jesus por ver os milagres que Ele fazia nos doentes. Parece um seguimento um bocado interesseiro. Aquela gente só seguia Jesus porque queria alguma coisa em troca. Pede-Lhe forças para não seres assim.

Pede a Jesus o dom de O seguires com alegria. O dom de O seguires não para tirar alguma vantagem pessoal mas porque isso te dá alegria.

Ouve o Evangelho outra vez. Imagina a multidão atrás de Jesus, ansiosa por milagres.

 

Colóquio final

No final desta oração, fala com Jesus sobre a tua vontade de não O abandonares mesmo quando amá-Lo te for difícil.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.